Militares repetem Dilma e enterram Guedes na curva do neoliberalismo

Paulo Guedes pode se considerar carta fora do baralho. Bolsonaro bateu mais um prego no caixão dele. Mandou o Banco do Brasil reduzir as taxas de juros para o agronegócio. Tá repetindo Dilma. Ela havia feito a mesma coisa para reduzir custos de produção dos agricultores

Militares repetem Dilma e enterram Guedes na curva do neoliberalismo
Militares repetem Dilma e enterram Guedes na curva do neoliberalismo (Foto: PR | Reuters)

Paulo Guedes pode se considerar carta fora do baralho. Bolsonaro bateu mais um prego no caixão dele. Mandou o Banco do Brasil reduzir as taxas de juros para o agronegócio. Tá repetindo Dilma. Ela havia feito a mesma coisa para reduzir custos de produção dos agricultores. Eles reclamaram que não estavam aguentando a concorrência com os agricultores americanos. Tio Sam tomava mercado de soja deles com a China. Ela chamou a bancada agrícola e deu aquela colher de chá.

O Estado externalizou custos de produção do campo. Voltaram a ser competitivos. É pra isso que serve o Estado nacional: sustentar a burguesia. Marx já dizia: o Estado capitalista é o comitê executivo da burguesia. E agora Bolsonaro? Copiando as lições marxistas? Como fica então, esse negócio de marxismo cultural? Os militares que assessoram o capitão, quem diria, seguem, fielmente, pregação do autor de O Capital, pois muito bem! A fragilidade da burguesia tupiniquim precisa mais do que nunca do amparo estatal. Caso contrário, vai para o sal.

O excomungado Karl Marx está dando as cartas no Palácio do Planalto, sob as bênçãos do general Heleno, do general Mourao, do General fulano , sicrano , beltrano etc e tal. A prática da realpolitik está mostrando a junta militar que dá as cartas no governo Bolsonaro que sem o subsídio estatal, a burguesia nacional não para em pé. De quebra, as Forças Armadas dão também suas bicadas. Usam o subsídio estatal para reclassificar os ganhos da tropa que o neoliberal FHC tinha roubado. Os militares sentiram na carne o que representa na prática a receita do neoliberalismo do Consenso de Washington - superávit primário, metas inflacionárias e câmbio flutuante. Esse remédio amargo tomou 25% dos rendimentos deles, segundo disse ao Bial o general Etchgoyan.

Por que então querem os verde olivas empurrar goela abaixo do Congresso esse purgante em cima dos pobres aposentados desmontando o sistema de seguridade social? Pimenta nos olhos dos outros é refresco, né? A lei bolsonarista, avaliazada pelos militares, é essa: salvar a burguesia e transformar trabalhadores em carne para os leões? Ou vão repetir o PT, com a Nova Matriz Econômica que começam a praticar para salvar os poderosos do campo? Por que o agronegócio pode receber juro subsidiado e os estudantes pobres do Fies, não? Por que 2 pesos e duas medidas? Onde está o espírito de justiça da junta militar? Depois não vêm reclamar repúdio da opinião pública que já começa aparecer! Cuidado, fardados!

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247