Na fakelândia

Deveriam montar guarda no Einstein, vestirem jaleco, colocar um medico que também seja formado em jornalismo pra dar uma volta nas imediações do quarto do FM (Fake Mito). Descobrirá rápida e eficientemente mais que qual grupo de inteligência militar o que realmente ocorre por lá. A estas alturas penso já estarem conchavando o que será o pós-FM. Porque a verdade explodirá como uma bomba a qualquer momento

Esse governo foi eleito à base de centenas de mentiras - as conhecidas hoje como fake news. Até no hospital o modus operandi é o mesmo: mentem descaradamente a todo momento e não se pode enxergar veracidade nos boletins do Einstein.

Onde se viu um paciente passando já dos 60, ter um pós-operatório tão caótico após intervenção cirurgica tao delicada e tao anormal em termos de tempo de cirurgia? De algo previsto para durar menos de três horas, esta durou cerca de sete horas! E depois, menos de 48 horas da cirurgia, o paciente já andava no quarto, mesmo sem video para comprovar a caminhada, noutra hora está num tipo de esteira, mesmo sem aparecerem as mãos e com as pernas totalmente enfaixadas em tecido branco que comprovem ser ele mesmo, já que as mãos não aparecem (e uma que aparece no video parece ser de alguém muito mais jovem). Porque pernas enfaixadas? Operou varizes também? Se ele está se recuperando tão bem como querem fazer o país crer, porque não “afrouxam” o torniquete das visitas e permitem um ou mais visitantes? Um dos outros quatro filhos por exemplo? Ou ao menos um dos seus mais midiáticos ministros (Guedes, Ônix ou Moro)? Ou a mulher que interagiu com o próprio Cristo numa goiabeira? Ora, o sujeito usa o twitter na hora que bem quer, publica fotos, comenta abobrinhas... como não dá para receber um ou outro visitante? A história da facada é ainda bem nebulosa. E a teoria de um câncer anterior à suposta facada ganha corpo. Quem não lembra que o Fake Mito compareceu a um culto evangélico em que o pastor colocou a mão em seu abdômen e fe uma oração? É habitual oração assim com imposição de mãos se dar quando existe fé em proceder a cura sobre essa ou aquela parte do corpo. Circula também vídeo do batismo do Fake Mito nas águas do rio Jordão, em Israel, como pedido de graça para obter cura de um câncer.

E nessa Fakelândia há já vários precedentes de doenças falsas: o sombrio e asqueroso Fabrício Queiroz protegido por internação médica para não depor no MP-RJ dançando animadíssimo com uma filha e segurando o soro... e tudo?

Deveriam montar guarda no Einstein, vestirem jaleco, colocar um medico que também seja formado em jornalismo pra dar uma volta nas imediações do quarto do FM (Fake Mito). Descobrirá rápida e eficientemente mais que qual grupo de inteligência militar o que realmente ocorre por lá. A estas alturas penso já estarem conchavando o que será o pós-FM. Porque a verdade explodirá como uma bomba a qualquer momento.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247