O anúncio integralista da perpetuação do poder

As esquerdas não estão unidas, enquanto o discurso integralista ganha força, e as pessoas que votaram neste atual governo, apesar de perdas de privilégios como a reforma da previdência, ainda falam que estão dando a sua contribuição cívica

Não há mais condições de no Brasil se repetir o Levante Integralista de 1938, que tentou não apenas destituir o grande presidente Getúlio Vargas, mas, sobretudo, matá-lo
Não há mais condições de no Brasil se repetir o Levante Integralista de 1938, que tentou não apenas destituir o grande presidente Getúlio Vargas, mas, sobretudo, matá-lo (Foto: Davis Sena Filho)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A racionalidade do saber, aparece a cada instante que respiro, e o sopro de resistência, se faz presente.

Nunca antes poderia imaginar um mundo tão caótico, e principalmente, as coisas do Brasil.

Poderia estar errado, mas as pessoas estão anestesiadas, completamente.

Não acredito que haja uma oposição forte, ela está desconecta.

Não existe um nome significativo para bater de frente com o que está aí.

Lula não tem mais chances, agora só lhe resta apoiar quem achar que deve, mas a corrente de resistência está desarticulada, pois muitos estão com Ciro.

Dizem que a chapa da situação vai fechar com o tal da Justiça como vice, problemas sérios, concordam?

Muito perigoso para quem vai bater de frente com esta chapa.

As esquerdas não estão unidas, enquanto o discurso integralista ganha força, e as pessoas que votaram neste atual governo, apesar de perdas de privilégios como a reforma da previdência, ainda falam que estão dando a sua contribuição cívica.

A América do Sul está provando que quem está com as forças armadas está no poder.

E aqui, quem está?

É aí que quero chegar…

A onda anti-vermelha está severa demais.

Marxismo é palavra de bandidagem.

Os conceitos mudaram.

O Mundo mudou.

O Brasil inverteu todos os seus conceitos e suas conquistas, até quando?

Vamos aguardar mais três anos, e que 2019 caia no nosso esquecimento, foi difícil de digerí-lo.

Alea Jacta Est.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247