O calvário de Lula e a resistência do PT

Para o vice-presidente nacional do PT, Allberto Cantallice, "Lula segue em seu calvário. Encarcerado há mais de 100 dias na polícia federal, em Curitiba, condenado em um processo que não resiste a um mero exame jurídico, dado a sua tão rasa motivação, prossegue lutando por sua inocência"; para ele, os responsáveis pelo golpe parlamentar de 2016 "temem é a força das ideias, do simbólico e da esperança que Lula nutre nos corações e nas mentes do povo humilde e trabalhador"; diante disso, ele afirma que o PT acerta quando insiste em testar os limites do golpismo mantendo e lutando pela candidatura de Lula à presidência da república. É isso que a maioria do povo quer" 

O calvário de Lula e a resistência do PT
O calvário de Lula e a resistência do PT (Foto: Foto: Ricardo Stuckert)

Líder incontestável de todas as pesquisas de opinião pública, Lula segue em seu calvário. Encarcerado há mais de 100 dias na polícia federal, em Curitiba, condenado em um processo que não resiste a um mero exame jurídico, dado a sua tão rasa motivação, prossegue lutando por sua inocência.

O medo de seus algozes não é do homem, do seu corpo. Este eles aprisionam quando querem, ao sabor dos seus humores, abusos ou manipulação das leis. O que eles, de fato, temem é a força das ideias, do simbólico e da esperança que Lula nutre nos corações e nas mentes do povo humilde e trabalhador da sofrida gente brasileira.

Razões do Golpe e do desmonte

Fica cada vez mais claro no imaginário popular, que essa verdadeira quadrilha que assumiu o poder no Brasil depois do malfadado golpe sofrido pela Presidenta Dilma, não tem resposta para os anseios da maioria da população.

São serviçais a serviço dos interesses do capital financeiro nacional e internacional que para cumprirem as determinações de seus patrões colocaram a soberania do país à venda na bacia das almas. Nunca em nossa história republicana se viu tamanha subalternidade e servilismo por parte dos mandatários de plantão.

Somente um Congresso dominado em sua maioria pelo fisiologismo e clientelismo típico de um "baixo clero" sem projeto nacional e cujo prestígio é o mais baixo da nossa história recente, consegue de joelhos associar-se majoritariamente à entrega do nosso patrimônio público.

É preciso, necessário e urgente resistir a esse estado de coisas.

Sem a interdição de Luiz Inácio Lula da Silva não seria possível se cometer tamanhas atrocidades contra o povo. Para isso, promoveram uma campanha sistemática de desmoralização de seu nome e da sua imagem pública. Diuturnamente nos jornais, nas rádios e em todos os canais de televisão são veiculadas acusações das mais variadas tonalidades. Sem contar, com a produção em escala industrial nas novas mídias das chamadas Fake News contra a figura de Lula, sem que o sistema de justiça tomasse qualquer atitude.

Nada disso teria o efeito desejado se não houvesse se instituído a conjuração de alguns juízes, policiais e procuradores com o beneplácito de autoridades dos Tribunais Superiores para produzir essa verdadeira perseguição midiático-judicial da qual Lula é vítima, e que nos países de tradição democrática denomina-se de Lawfare; que nada mais é, do que o uso dos aparatos de justiça em conluio com os meios de comunicação com objetivo de perseguir determinado cidadão.

Entretanto, toda essa artilharia não tem surtido o efeito que eles tanto desejavam, Lula segue liderando.
Acerta em cheio o Partido dos Trabalhadores quando insiste em testar os limites do golpismo mantendo e lutando pela candidatura de Lula à presidência da república. É isso que a maioria do povo quer. Se o sistema de justiça pensar diferente, ele que justifique suas ações perante aos eleitores e aos implacáveis julgamentos da história.

Não cair na cantilena de que é hora de apoiar alguém de fora das fileiras partidárias é uma das mola-mestras do acerto da atual linha política. O PT que sobrevive e se fortalece, enfrentando uma verdadeira batalha, cujo objetivo central é o seu cerco e aniquilamento, não poderá se render jamais.

É a hora de aumentar o brado que ressoa: Lula Livre!

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247