O direito humano pelo olhar da direita

Hoje, o direito humano tem estado na mira de quem levanta a bandeira extremista, de misóginos e principalmente de quem defende a ideia de uma sociedade desigual. Para eles, os direitos humanos servem para proteger quem comete crimes ou está encarcerado

O direito humano pelo olhar da direita
O direito humano pelo olhar da direita

O direito à vida, saúde, educação, moradia, alimentação e ao lazer são regras básicas a qualquer cidadão.

Direitos da pessoa é um direito humano, para que ela, a pessoa possa ter condições de desenvolvimento e assim poder buscar uma vida digna.

O que vale observar é que existe um direito que funciona como motor principal para o funcionamento da engrenagem social.

O Estado deve prover um sistema de saúde capaz de atender a população, porém o direito à educação é um fator importante para o sucesso do desenvolvimento humano e a erradicação  de outras problemáticas sociais.

Hoje, o direito humano tem estado na mira de quem levanta a bandeira extremista, de misóginos e principalmente de quem defende a ideia de uma sociedade desigual.

Para eles, os direitos humanos servem para proteger quem comete crimes ou está encarcerado.

Um discurso errado e  extremamente egoísta e com falta de olhar ao próximo.

Quem, de berço, sempre teve acolhimento,  educação de qualidade, lazer, saúde, boa alimentação,  muitas vezes não consegue entender que está gozando do seu direito humano.

Entende tudo isso como resultado único de esforço próprio se omitindo de perceber a tamanha desigualdade social e econômica que existe entre o seu núcleo e as camadas que lhe circundam.

A verdade é  que enquanto estivermos sob o domínio neoliberal será difícil de fazer valer o direito humano de cada um.

Para uma minoria abastada, o pobre só tem direito a lhe servir e se alimentar de pão e água.

É conveniente fingir não entender os direitos, isso lhe faz achar superior, cidadão de bem e  merecedor de tudo aquilo que tem acesso.

 

Seus representantes políticos distribuem propostas absurdas de cunho claramente fascista, tentam se perpetuar no poder promovendo mais ódio e discriminação.

Utilizam a violência urbana, as catástrofes sociais como combustível para manter acesa a fogueira da ignorância.

Seu principal bordão que vem em forma de pergunta é: “onde estão os direitos humanos?”

A resposta é simples: Está na sua casa, na sua vida.

Direito humano não é resultado de ideologia meritocrata. É promoção de vida digna, que merece todo cidadão, de todas as classes, credo, etnias, gênero, enfim, todo ser humano. É dever do Estado garantido na Constituição Federal.

Não se aproveitem da educação pública deficiente, que é um plano de vocês, para levar o povo a erro.

A deformação do entendimento está justamente naquele que não carece dos serviços do Estado, está em quem paga caro por assistência privada e, ainda, apoia o desmonte da  máquina do Estado, promovendo um verdadeiro desgaste econômico e social.

É esta gente direita que quer acabar com os direitos humanos de quem não tem como pagar por saúde, educação, lazer, alimentação e moradia.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247