O Lula

vamos lá, Luiz Inácio, junto à rapaziada, está na hora da virada. vamos dar o troco! botar lenha nesse fogo, virar esse jogo que é jogo de carta marcada. vamos à luta sem medo que é hora do tudo ou nada. o Brasil está doente. o remédio é eleição. e a cura é O Lula. eleição sem Lula é fraude. e eleição sem fraude, sem dúvidas, é Lula

vamos lá, Luiz Inácio, junto à rapaziada, está na hora da virada. vamos dar o troco! botar lenha nesse fogo, virar esse jogo que é jogo de carta marcada. vamos à luta sem medo que é hora do tudo ou nada. o Brasil está doente. o remédio é eleição. e a cura é O Lula. eleição sem Lula é fraude. e eleição sem fraude, sem dúvidas, é Lula
vamos lá, Luiz Inácio, junto à rapaziada, está na hora da virada. vamos dar o troco! botar lenha nesse fogo, virar esse jogo que é jogo de carta marcada. vamos à luta sem medo que é hora do tudo ou nada. o Brasil está doente. o remédio é eleição. e a cura é O Lula. eleição sem Lula é fraude. e eleição sem fraude, sem dúvidas, é Lula (Foto: Maria Eduarda Paschoalini)

nasci em 2001. em 2002, um certo cara chegou à presidência. Luiz Inácio Lula da Silva; O Lula. mas ele não foi sozinho. levou consigo seu passado de luta e os milhões de brasileiros que, assim como ele, acreditam em um país melhor. no dia primeiro de janeiro de 2003, o povo deixou de ser o problema e passou a ser a solução. e O Lula foi o responsável por isso.

O Lula nunca foi nada. pobre, imigrante nordestino, filho de analfabetos e operário. foi sindicalista, ajudou a fundar um partido e teve a audácia de se candidatar à Presidência da República. como ele não era nada, apenas uma voz dissonante que acreditava que era possível acabar com a desigualdade, a fome e a miséria neste país, perdeu a eleição três vezes. mas não. ele nunca perdeu a esperança. e, por isso, tornou-se tudo.

O Lula reduziu a taxa de inflação de 12,5% em 2002 para 4%. aumentou as exportações de 60 bilhões de dólares para 128 bilhões de dólares. promoveu o maior aumento real do salário mínimo. reduziu a dívida externa de 210 bilhões de dólares, em 2002, para 157 bilhões, em 2006. em seu governo, houve um superávit nas transações correntes (enquanto no governo anterior, teve um déficit). criou o ProUni, permitindo que mais de 240 mil estudantes carentes pudessem cursar uma faculdade. inclusive, ele criou mais 18 universidades durante seu mandato. criou a Bolsa-Família, programa social de transferência de renda fortemente elogiado pela ONU, que o considera como exemplo a ser seguido por outros países emergentes. houve o acúmulo de sucessivos lucros recordes pela Petrobras, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES (isso tudo prevalecendo o social sobre o lucro, ainda por cima). teve a queda da taxa de desemprego.

O Lula lotou os aeroportos de gente que às vezes nem mesmo tinha condições de andar de ônibus. misturou brancos, ricos, pobres e negros em universidades públicas. ajudou a favela a comprar os seus bens e as empregadas domésticas a serem tratadas como reais cidadãs de direitos. facilitou a vida de quem não tinha dinheiro para comprar um remédio caro com as farmácias populares. custeou de graça universidades privadas para filhos de pedreiros. fez sorrir de novo quem não tinha dentes. quis governar um país onde "pobre" é visto como "podre" e, ainda assim, conseguiu retirar 30 milhões de brasileiros da linha da pobreza. O Lula resolveu insistir e ir até o fim.

O Lula me ensinou que a palavra desistir não pode estar presente no meu dicionário. me ensinou que eu, jovem de 16 anos, posso conquistar o que eu quiser, basta acreditar. me ensinou a afastar de mim todo o silêncio que me atordoa e, assim, ter voz ativa e no meu destino querer mandar. ele me ensinou que luto é verbo. e que, nessa minha jornada, eu vou cair diversas vezes. em umas, sozinha. em outras, vão tentar me derrubar. mas aí ele me ensinou uma das lições que levo para toda a minha vida: devo reconhecer a queda e não desanimar. levanto, sacudo a poeira e dou a volta por cima.

O Lula ainda me faz ter esperança de que amanhã vai ser outro dia. me faz ficar indignada com as injustiças e resistir até o fim por mim e por todos que não se cansam de lutar. ele me mostra como ser forte mesmo diante a inversões midiáticas que conseguem reforçar a mentira, até que ela se torne verdade. ele é meu exemplo de resiliência e é por tudo isso que eu digo que ele vale a luta. não calo a minha voz para defender quem durante todo esse tempo nos defendeu.

a minha gratidão ao Lula é tão grande que preciso de externá-la. preciso de dizer aos quatro ventos que tento seguir tudo que ele me ensinou e ainda me ensina. sei que trata-se de novas mentiras, apenas convicções, como eles mesmo dizem. para além da falta de provas, o que assusta nas acusações feitas é a falta de lógica. a razão se perdeu em meio ao embate político. o ódio abriu os olhos de justiça. infelizmente, os olhos que deveriam estar devidamente vendados só enxergam o Lula. ele não está acima, nem abaixo da lei. como todo e qualquer cidadão, pode ser investigado e pode ser julgado. porém, com todo o devido respeito ao processo legal, sem ser vítima (como vem sendo) de um massacre, de uma caçada midiática e de muitas acusações sem provas. se contra fatos não há argumentos; contra falta de provas, qual é o argumento? defender o Lula é defender a democracia e os direitos do povo brasileiro.

obrigada, Lula, por ter resistência e continuar nadando contra a correnteza. obrigada por me fazer estar do lado certo da história. obrigada por me mostrar que a única riqueza que um político tem é a palavra. obrigada por me ensinar, assim como Guimarães Rosa, que o que a vida quer da gente é coragem. e é com essa coragem que eu levanto todos os dias querendo me transformar em uma nova pessoa. obrigada por ser O Lula.

vamos lá, Luiz Inácio, junto à rapaziada, está na hora da virada. vamos dar o troco! botar lenha nesse fogo, virar esse jogo que é jogo de carta marcada. vamos à luta sem medo que é hora do tudo ou nada. o Brasil está doente. o remédio é eleição. e a cura é O Lula. eleição sem Lula é fraude. e eleição sem fraude, sem dúvidas, é Lula!

com amor, coragem e resistência; Duda.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247