O País caminha para o 2º turno ideal

"Bolsonaro é a cara real das elites brasileiras: colonizadas, racistas, cruéis, antipopulares. Não tem maquiagem ou perfume, bons modos ou trejeitos. O capitão reformado é o retrato mais verdadeiro de uma classe dominante escravagista, misógina, homofóbica, antidemocrática", diz o colunista Breno Altman; "sua derrota, frente ao candidato de Lula, será a que mais abre caminho para a reconstrução democrática da nação"

O País caminha para o 2º turno ideal
O País caminha para o 2º turno ideal

Haddad e Bolsonaro é a segunda volta dos sonhos, por contrapor sem máscaras a civilização e a barbarie.

Não se trata apenas ou principalmente de cálculo eleitoral, embora também o seja, por ser cientificamente mais fácil para a vitória da esquerda se enfrentar a ultra-direita.

Tem um valor pedagógico.

Bolsonaro é a cara real das elites brasileiras: colonizadas, racistas, cruéis, antipopulares. Não tem maquiagem ou perfume, bons modos ou trejeitos. O capitão reformado é o retrato mais verdadeiro de uma classe dominante escravagista, misógina, homofóbica, antidemocrática.

Será imensamente positivo para o povo brasileiro enfrentar esse expoente neofascista na rodada final.

Sua derrota, frente ao candidato de Lula, será a que mais abre caminho para a reconstrução democrática da nação.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247