O Palácio da Alvorada virou uma imobiliária

O capital estrangeiro só consegue saquear os países porque contam com a ajuda das forças entreguistas que, em troca de 30 dinheiros, vendem seu país. Na visão do neoliberalismo subalterno do governo Temer, o governo tem de servir ao mercado e não ao país

www.brasil247.com - 29/08/2017- Brasília - DF, Brasil- O presidente Michel Temer embarca para a China onde fará visita de Estado ao país e participará da Cúpula do Brics Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
29/08/2017- Brasília - DF, Brasil- O presidente Michel Temer embarca para a China onde fará visita de Estado ao país e participará da Cúpula do Brics Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil (Foto: Benedita da Silva)


O governo golpista de Temer acaba de cometer o crime de lesa-pátria, ao anunciar o pacote de privatizações que é apenas uma forma dissimulada de desnacionalizar as nossas riquezas minerais e os nossos recursos energéticos. Como bem disse o ex-presidente Lula, que soube afirmar a nossa soberania nacional, "Parece que o Palácio da Alvorada é uma imobiliária".

Temer e seu governo entreguista estão vendendo o Brasil de portas fechadas e a preço de banana. Vale aqui relembrar a Carta Testamento de Getúlio Vargas de 1954: "Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. A Eletrobrás foi obstaculizada até o desespero. Não querem que o trabalhador seja livre. Não querem que o povo seja independente".

As mesmas forças entreguistas que fizeram Getúlio suicidar são as mesmas que agora espoliam o povo e o Brasil. O capital estrangeiro vê a América Latina como neocolônia e sempre sufocaram com golpes e sangue qualquer tentativa de independência. Os Estados Unidos, em particular, consideram as enormes riquezas minerais e energéticas como suas reservas estratégicas. Por isso ameaçam a Venezuela soberana para retomar o petróleo, coisa que acabaram de fazer com o pré-sal brasileiro, ao apoiarem o golpe parlamentar contra a presidenta eleita Dilma.

Mas o capital estrangeiro só consegue saquear os países porque contam com a ajuda das forças entreguistas que, em troca de 30 dinheiros, vendem seu país. Na visão do neoliberalismo subalterno do governo Temer, o governo tem de servir ao mercado e não ao país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Privatização significa eficiência, como se o desastre ambiental de Mariana, causada pela empresa privada Samarco, pudesse ser esquecido. A eficiência de uma empresa pública da área estratégica de produção de energia, como a Eletrobras, tem de ser medida do ponto de vista econômico-social e não exclusivamente pela margem de lucro privado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se o crime lesa-pátria da privatização da Eletrobras acontecer, o único resultado será a energia mais cara, mais termoelétrica, menos investimento produtivo, menos emprego e o fim do programa Luz para Todos. É a repetição do que ocorreu com o outro governo neoliberal, o de FHC, que priorizou as termoelétricas e criou o racionamento de energia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E o que dizer da entrega de um pedaço da Amazônia do tamanho da Dinamarca? Justamente aquela parte mais sagrada de nosso país e que até o hoje conseguimos defender da sanha dos espoliadores internacionais?

Doar para mineradoras estrangeiras uma reserva desse tamanho mostra que esse governo ilegítimo e entreguista está de fato liquidando com as bases da Nação brasileira e transformando nosso país num território para ser saqueado à vontade pelo capital estrangeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A única eficiência demonstrada pelo governo golpista é a da destruição de direitos dos trabalhadores e da soberania nacional. Os golpistas agem como se não houvesse o amanhã. Sabem que o seu poder é transitório e insustentável por longo tempo. Veem que o povo está acordando do torpor midiático e lutando para reconquistar a soberania popular da Constituição violada e resgatar seus direitos. E esse amanhã está nascendo com a Caravana de Lula levantando o povo em todo o país.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email