O que está em jogo? Qual a verdadeira disputa?

O discurso moralista anti-corrupção, mesmo sendo um problema endêmico sério a ser combatido, se tornou uma reles desculpa para a tentativa que estamos vivendo de puxar o Brasil de volta à sua posição de subserviência preconizada pela direita

Não há como respeitar movimentos de extrema direita que ostentam a suástica e usam o ódio e a intimidação como arma política.

Esses movimentos foram insuflados pela direita em uma tentativa de derrubar, por quaisquer meios possíveis, um governo que atrapalha seus planos e foi democraticamente eleito.

Nossa sociedade, e em particular a assim chamada classe média, é ainda muito atrasada, acha natural ter um exército de serviçais à sua disposição, tem medo de mudanças e é incapaz de perceber que estas inclusive são boas para ela.

A atual oposição sempre representou o atraso, uma visão de que o Brasil não tem outra vocação a não ser um país subalterno (a teria da dependência de FHC) e de que nosso melhor destino é ser explorado por capital externo.

Ora, nenhum país se desenvolveu de fato a não ser com capital interno, sendo a Coréia um exemplo recente. Os governos do PT, com muitas críticas que se possa fazer a eles, têm representado uma alternativa a essa visão, onde nosso país se desenvolveu e cresceu de fato muito mais que em períodos anteriores quando a teoria da dependência foi posta em prática.

A pobreza e a miséria diminuíram enormemente e passaram a ter um protagonismo no mundo. O discurso moralista anti-corrupção, mesmo sendo um problema endêmico sério a ser combatido, se tornou uma reles desculpa para a tentativa que estamos vivendo de puxar o Brasil de volta à sua posição de subserviência preconizada pela direita, e em instalação na Argentina, esta agora exaltada pelos meios de comunicação como o exemplo a ser seguido, e que resultará em pouco tempo no aumento de pobreza e da dependência externa de nossos vizinhos. Essa é a verdadeira disputa hoje.

E o resto? Retórica para justificar a barbárie.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247