O ranking do bom casamento

O que é mais importante para a duração e qualidade de um casamento ou relacionamento mais sério?

O que é mais importante para a duração e qualidade de um casamento ou relacionamento mais sério? Enumere os itens abaixo do mais importante para o menos:

(. ) afinidade/gostos parecidos
(. ) fidelidade sexual
(. ) lealdade/respeito
(. ) bom sexo
(. ) parceria/cumplicidade
(. ) admiração

Como você numeraria os itens acima se essa questão caísse pra você?

O que te vem a cabeça imediatamente?

Sei que a ordem de importância é avaliação subjetiva que depende de gênero, idade e cultura. E sei que cada um tem razões próprias e únicas para ordená-las.

Permitam-me compartilhar com vocês as minhas considerações.

1) Afinidade. Acho bem importante, principalmente no início do casamento. Polos opostos se atraem? Nah. Tem que ter pelo menos 50% de gostos e interesses em comum. Um gosta de praia e o outro odeia. Um bebe umas e outras e o outro não bebe nada. Um gosto de campo, o outro de cidade grande. Um quer rock e o outro pagode. Imagina tudo isso junto? Todos os pólos opostos? Não vai rolar bem por muito tempo. A solidão a dois vai chegar mais rápido, como possívelmente chegou com Eduardo e Mônica (que eram nada parecidos).

2) Fidelidade sexual. É bem difícil avaliar isso aqui. Não há quem não diga que é fundamental. Só os muito cabeça aberta, maduros, moderni hos e afins abrem mão.

Na real, crescemos sob a égide do amor romântico onde paixão se mistura com o sexo. Com a cultura que temos, fica mais difįcil separar amor de sexo e entender (aqui tô falando pelas mulheres por razões óbvias) que alguém pode me amar profundamente e querer transar com outra mulher. Já os homens sabem instintivamente separar os dois: amor é amor e sexo é sexo, diriam eles. Mas nem por isso (e aí vem de novo o peso da cultura) aceitam melhor que as pessoas com quem se casaram, façam sexo com terceiros.

Diante de tais fatos, não dá pra fingir que não vê a importância desse item.

3) Lealdade. É um quase número 1. Lealdade é transparência e respeito. É proteger os parceiros de qualquer possibilidade de exposição até debaixo dágua. É aquela situação em que você joga seu charme pra alguém (sem qualquer intenção de levar aquilo adiante) sem falar mal dos maridos ou mulheres nem expô-los a qualquer ridiculo. Veja bem, não tô fazendo a apologia do sedutor. Só sendo realista e, dentro da realidade, imaginando uma situação em você põe seu cônjuge num pedestal, custe o que custar.

4) Bom sexo. Sexo bom é fundamental e no inįcio do casamento é mole! O desafio de mantê-lo bom aumenta com o passar dos anos. Sexo tem que ser bom, mas bom mesmo é a busca do casal ao longo do tempo pra mantê-lo bom, e quem sabe, espetacular, por muito tempo. Sexo bom num casamento é esforço e dedicação de ambas as partes. Envolve prazer, mas também é o melhor exercício de carinho que pode haver no cotidiano. Nota 10.

5) Parceria. Ser cúmplice. Sacar o que o outro quer. Estar do lado na chatice nossa de todo o dia. Batalhar, complementar, ouvir, ajudar, cavar, chorar, rir, correr atrás, sofrer - tudo isso e mais um pouco. É a filosofia prática do #tamojunto. É o número 1 na minha opinião.

6) Admiração. Ah! É o bônus, o conto de fadas, o eterno encantamento. A agulha no palheiro. Nem dou nota. Esse é o bilhete premiado, o vale-brinde do cereal.

E você? Qual é o seu ranking?

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247