O sionismo é a causa dos problemas

"É inteiramente falsa a ideia de que o conflito entre o povo palestino e o Estado de Israel seja algo que vem desde a antiguidade", diz Jair de Souza

Benjamin Netanyahu e Faixa de Gaza após ataque de Israel
Benjamin Netanyahu e Faixa de Gaza após ataque de Israel (Foto: ABR | Reprodução/AlJazeera)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Uma coisa é preciso ter bem entendida: o sionismo, e os problemas por ele engendrados, é uma criação europeia, de caráter nitidamente colonialista.

É inteiramente falsa a ideia de que o conflito entre o povo palestino e o Estado de Israel seja algo que vem desde a antiguidade.  Diferentemente do que oportunistas e espertalhões tratam de difundir, as atuais sangrentas desavenças entre árabes e judeus só ganharam força a partir da criação de um estado de caráter colonial na região da Palestina.

continua após o anúncio

A gênese do problema não está nos povos citados nos escritos bíblicos, como os cananeus, os filisteus ou os hebreus. Os causadores dos transtornos têm outra proveniência, a Europa. Na verdade, o sionismo é a causa dos problemas.

O sionismo é uma das variantes das ideologias nacionalistas que começaram a ganhar corpo com as disputas intercapitalistas da Europa no começo do século XIX. Por então, as amplas massas de trabalhadores judeus ali existentes eram vítimas de violentas perseguições promovidas pelos expoentes das classes dominantes de outras nacionalidades. Tudo estaria em conformidade com o curso seguido por outras disputas nacionais daquele período, se o desenlace tivesse ocorrido na própria região onde o problema tinha surgido e se agravado, na Europa. 

continua após o anúncio

No entanto, em lugar de reivindicar para si algum espaço em alguma localidade da Europa onde os judeus eram perseguidos (por exemplo, a Bavária, na Alemanha, ou a Alsácia, na França), os sionistas partiram de imediato para um projeto de cunho colonialista. Com isso, o povo palestino foi escolhido para pagar a conta dos crimes que os judeus haviam padecido nas garras das classes dominantes europeias. 

Neste vídeo-documentário, é apresentado uma curta, mas bem ilustrativa, síntese das origens do problema que tanta penúria vem causando ao povo palestino. Para que todos possam ter condições de absorver a riqueza de seu conteúdo, estamos disponibilizando a versão com a tradução ao português e as respectivas legendas.

continua após o anúncio

Para tentar superar os já costumeiros entraves que nos são antepostos quando as mensagens não são do agrado sionista, o vídeo foi postado em dois meios, cujos enlaces listamos à continuação:

Em Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=sItwVmgqmHg

continua após o anúncio

Em Vimeo: https://vimeo.com/manage/videos/884385258

Para acessar as legendas em português é preciso ir a CONFIGURAÇÕES na parte inferior direito do aplicativo e ativá-las.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247