O voto de domingo vai definir o seu futuro

O voto a presidente do próximo domingo precisa ser decidido com a responsabilidade e seriedade que o país merece, pois essa decisão vai interferir na vida de cada brasileiro pelos próximos quatro anos. As propostas dos dois candidatos, que chegaram ao segundo turno, exigem uma análise sobre suas diferenças. Afinal que Brasil você quer? 

O voto de domingo vai definir o seu futuro
O voto de domingo vai definir o seu futuro (Foto: Fotos: ABr)

O voto a presidente do próximo domingo precisa ser decidido com a responsabilidade e seriedade que o país merece, pois essa decisão vai interferir na vida de cada brasileiro pelos próximos quatro anos. As propostas dos dois candidatos, que chegaram ao segundo turno, exigem uma análise sobre suas diferenças. Afinal que Brasil você quer? O Brasil da educação pública, dos direitos trabalhistas e emprego, da aposentadoria, do respeito às diferenças ou o Brasil do candidato que defende a privatização das empresas públicas, o armamento da população, a tortura e incita o ódio?

Atuo como professor e me sinto na obrigação de fazer um alerta sobre a proposta defendida pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro na área da educação. Ele defende a educação a distância desde o ensino fundamental. Isso mesmo, crianças desde os seis anos teriam aulas pela internet, sem acompanhamento rotineiro com um professor. Além desta iniciativa ser prejudicial ao ensino no país terá impacto também na economia, uma vez que não será necessário a aquisição de merenda, nem de uniforme.

A medida, se adotada, vai impactar ainda no trabalho de um dos membros da família que precisará ficar em casa para cuidar da educação dos filhos. Eles também defendem o pagamento de mensalidades em universidades públicas. Há indicações ainda de que o Ministério da Cultura deixará de existir e será transformado em uma secretaria do Ministério da Educação.

Na área ambiental, não há compromisso do opositor do candidato do PT, Fernando Haddad, com o desenvolvimento sustentável e com o investimento na agricultura familiar. Bolsonaro já adiantou que pretende transformar o Ministério do Meio Ambiente em uma secretaria do Ministério da Agricultura. Como pode uma área que disputa iniciativas com outra ser subordinada a ela, sem perder o equilíbrio entre ambas? Avalie se estas propostas trariam o desenvolvimento que o Brasil precisa e se seriam a melhor opção na votação de domingo.

Não se trata de uma escolha entre um petista e um antipetista, mas de um programa elaborado para buscar o desenvolvimento, o emprego dos governos Lula e outro que pretende retirar direitos dos trabalhadores, a exemplo do que vem fazendo o ilegítimo presidente Michel Temer há dois anos.

A candidatura de Bolsonaro representa um risco à democracia com medidas autoritárias. Li integralmente seu plano de governo. Nada mais é do que uma cartilha de ódio e intolerância. As forças democráticas e progressistas buscam conscientizar a sociedade brasileira de que a solução dos complexos problemas na segurança pública e no desenvolvimento econômico não passa pelo autoritarismo.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247