Oi passa a ser controlada pelo Colony Capital, Inc. fundo financeiro americano: o que isso pode significar?

Colony Capital, Inc. fundo hoje está presente em 20 países com ativos vinculados ao setor imobiliário, ativos em dificuldades financeiras (como é o caso da Oi), o que também o qualifica no mercado como “fundo abutre”



A empresa de telefonia Oi que está em processo de recuperação judicial foi adquirida pela empresa Highline que é controlada pelo Colony Capital, Inc., fundo financeiro americano criado em 1991 e com sede em Los Angeles, Califórnia.

Colony Capital, Inc. fundo hoje está presente em 20 países com ativos vinculados ao setor imobiliário, ativos em dificuldades financeiras (como é o caso da Oi), o que também o qualifica no mercado como “fundo abutre”.

O Colony Capital, Inc. possui ativos de US$ 50 bilhões e possui ligações com outros fundos de maior porte, como o Blackstone e o Morgan Stanley Real Estate. Ao ter estas fortes vinculações com outras gestoras de fundos financeiros, o Colony Capital, se potencializa a entrar em negócios com interesses estratégicos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O caso da telefonia é um deles. Em especial, num momento em que se discute as questões relativas às escolhas da nova tecnologia e empresas que vão fornecer a 5G. Neste período de crise e recuperação judicial da Oi, ela foi vivendo uma pulverização acionária e ultimamente, a Vivo e Tim tinham interesses em assumir a empresa concorrente no setor de telefonia móvel e internet.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes deste negócio com a Highline (Colony Capital, Inc.), 7,4% das ações da Oi já tinham tido a participação de outros findo financeiro com sede em paraíso fiscal, Ilhas Cayman, no caso, o York Global Finance

O valor final que será pago pela Highline (Colony Capital, Inc.) para controlar a Oi seria em torno de R$ 1 bilhão. A Oi tem ações na Bolsa de Valores, B3, e por isso, os negócios precisam ser mais transparentes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Colony Capital, Inc. também investe no setor de hoteleiro no Canadá, eventos e clubes de futebol, como no caso do Paris Saint Germain junto com a o fundo árabe, Qatar Investment. E também está tentando entrando no setor de streaming, fornecimento de filmes através da intenet.

Outro fato que merece registro sobre o Colony Capital, Inc. foi noticiado pelo jornal americano New York Times que informou, em junho de 2018, que uma subsidiária, a Colony North Star havia captado mais de US$ 7 bilhões de investimentos desde que Trump chegou ao poder e que 24% deste dinheiro vieram dos países próximos a Trump e os EUA, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos (EAU).

Por tudo isso, vale que se aprofunde os fatos sobre as negociações e tratativas que levaram à essa aquisição e controle da Oi por fundo americano Colony Capital, Inc. Voltaremos ao tema.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Há algum tempo, eu tenho chamado a atenção para o movimento da indústria de fundos financeiros no Brasil e a nível global. Os fundos financeiros globais estão por trás da maioria das privatizações e compras de ativos no Brasil desde 2016. Com a crise política financeira que ase arrasta há cinco anos o Brasil ficou baratinho, ainda mais com o dólar a R$ 5,30.

Trato do assunto no livro, editado ano passado (2019) pela Editora Consequência, “A ‘indústria’ dos fundos financeiros: potência, estratégias e mobilidade no capitalismo contemporâneo”. 

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email