Pagar quatro salários em dois meses não é para qualquer um

Mesmo com uma dívida monstruosa de R$ 530 milhões nas costas, deixada por João Alves Filho, o prefeito Edvaldo Nogueira conseguiu encontrar uma solução para regularizar o pagamento dos salários dos servidores de Aracaju

Edvaldo Nogueira Aracaju
Edvaldo Nogueira Aracaju (Foto: Valter Lima)

Mesmo com uma dívida monstruosa de R$ 530 milhões nas costas, deixada por João Alves Filho, o prefeito Edvaldo Nogueira conseguiu encontrar uma solução para regularizar o pagamento dos salários dos servidores de Aracaju. Além de já receber os vencimentos salariais de janeiro e fevereiro em dia, o trabalhador da prefeitura poderá acessar o salário pendente de dezembro em uma única parcela, através de um empréstimo, sem qualquer prejuízo financeiro.

A ideia foi apresentada por Edvaldo a todos os sindicatos da Saúde na última sexta-feira (20) e revela a capacidade administrativa do novo prefeito: em pouco mais de 60 dias, ele terá quitado quatro folhas salariais – aos salários de dezembro, janeiro e fevereiro soma-se o 13º salário, que foi deixado de herança pelo ex-prefeito, mas que já foi pago pelo atual gestor nos primeiros 10 dias do governo.

A medida, que não cria qualquer dificuldade para o servidor, regulariza uma folha de pagamento que há mais de um ano estava comprometida. Além disso, Edvaldo inverte a ordem de pagamento colocando para receber primeiro os servidores da Saúde e da Educação. Na gestão de João Alves, os trabalhadores da Saúde não sabiam nem mesmo o dia em que receberiam.

Nas redes sociais, o anúncio de Edvaldo foi bastante comemorado. Mas é óbvio que a oposição – leia-se Valadares Filho e companhia (bem) limitada – tentou criar mais um factóide sobre o tema. Mesmo com o prefeito anunciando um calendário de pagamento, que se encerra até o 5º dia útil do mês subsequente, algo, inclusive, que respeita a legislação trabalhista, os adversários acusam o novo gestor de não cumprir com o que prometeu na campanha eleitoral. Pura falácia!

A prova de que o discurso da oposição não colou é que a publicação de Valadares Filho no Facebook foi bastante criticada. Mesmo entre os seguidores dele, a regularização do pagamento dos salários dos servidores foi elogiada. O candidato derrotado na última eleição foi detonado em sua própria página na internet.

O internauta, cidadão comum, comentou aquilo que é óbvio, mas que a oposição tenta minar: Edvaldo em pouco tempo resolve um problema crônico deixado por João Alves. Por falar no ex-prefeito, não faltou quem não lembrasse que o agora "combativo" Valadares Filho não teve o mesmo ímpeto de ação quando a cidade caminhava desgovernadamente para o caos durante os quatro anos passados.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247