Para Alckmin, universidade não é lugar de pobre

Em mais demonstração de preconceito e que só defende os ricos, Alckmin abriu a boca pra soltar outra pérola: quer cobrar mensalidades nas universidades públicas

Para Alckmin, universidade não é lugar de pobre
Para Alckmin, universidade não é lugar de pobre (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em mais demonstração de preconceito e que só defende os ricos, Alckmin abriu a boca pra soltar outra pérola: quer cobrar mensalidades nas universidades públicas.

Enquanto Lula democratizou o acesso ao ensino superior, criou as políticas de permanência, o Prouni, o Sisu e o Ciências sem Fronteira, ampliou o Fies, além de construir dezenas de universidades e institutos técnicos, o tucano candidato à Presidência só quer saber de prejudicar os pobres.

Para ele, as universidades federais, justamente as melhores, precisam ser dominadas apenas por quem tem dinheiro.

E ficam as perguntas: onde o filho do trabalhador estudará? Como a juventude, vítima do desemprego e da crise, vai ter perspectivas se não tiver ao menos o acesso à educação?

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247