Participação popular é fundamental para superar a crise pós-pandemia em Osasco

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A crise do coronavírus afetou toda sociedade e terá impactos para os próximos anos em todas cidades. Em Osasco, a situação é muito grave, seja pelo grande número de vidas perdidas (635 mortes) ou o alto número de pessoas infectadas com a Covid-19 (10.138 contaminados), mas principalmente pela falta de apoio às famílias, pequenos e médios empresários que a Prefeitura não deu. Muitos comércios e empresas interromperam suas atividades sem haver nenhum diálogo com o atual prefeito. 

Um bom gestor deve agir com transparência, ética e respeito à vontade do povo. A participação popular, é um dos pilares da democracia e será uma peça fundamental para prefeitos que desejam superar a crise pós-pandemia. Com a queda de receita será essencial ouvir a população, para que os recursos sejam investidos em obras que de fato farão a diferença na vida das pessoas. 

Quando prefeito, busquei ao máximo ouvir a população e trabalhar para atender suas reivindicações. Postos de saúde, bases de segurança, creches, foram criados onde os osasquenses quiseram que seus recursos fossem investidos. Na minha administração, o Orçamento Participativo foi primordial para o estabelecimento de uma verdadeira gestão democrática da cidade. As plenárias percorreram todos os bairros colhendo sugestões, reivindicações e soluções para várias demandas. 

Além do OP, fortalecemos a ouvidoria, criamos conselhos e inauguramos a Central 156, um canal de diálogo que permitiu a realização de inúmeros serviços úteis. Também fizemos diversas plenárias para discutir o Plano Diretor, Plano Plurianual e outros projetos importantes para Osasco. Nesse sentido, é triste saber que uma ferramenta tão importante - como o Orçamento Participativo, que deu voz ao povo e que nos enche de orgulho deixou de existir. Infelizmente, o atual governo ao invés de ampliar a participação cidadã, fez exatamente o contrário, não estabelecendo um diálogo e finalizando suas atividades. 

Pela boa experiência como prefeito, defendo o fortalecimento dos mecanismos de participação popular na política. Na Assembleia, como deputado, nosso mandato também está aberto, faz reuniões públicas, presta contas, ouve demandas e apresenta propostas que dialoguem que o interesse da maioria. Essa é a nossa linha de atuação, é o nosso jeito de fazer política, a maneira que acreditamos ser certa e que já apresentou resultados positivos. 

Por isso, gostaria de chamar a população, como pré-candidato a prefeito a participar das nossas discussões sobre "a Osasco do futuro", através da nossa plataforma digital: www.eagoraosasco.com.br. Mande suas sugestões e vamos juntos trabalhar por uma cidade mais justa e com igualdade de oportunidades para todos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247