Paulinho da Força vai ficar todo endividado

A Frente em Defesa da Democracia acabou de ser protocolada no Congresso tem como propósito defender a legalidade contra o Impeachment e foi subscrita por 186 deputados, mas para barrar o Impeachment são necessários 172 votos. Então, quem está mentindo para enganar a sociedade são os golpistas

SÃO PAULO,SP,30.08.2013:PROTESTO FORÇA SINDICAL/VIADUTO SANTA IFIGÊNIA - Paulinho da Força durante protesto da Força Sindical no Viaduto Santa Ifigênia, no centro de São Paulo (SP), na manhã desta sexta-feira (30), Dia Nacional de Mobilização e Luta. A ma
SÃO PAULO,SP,30.08.2013:PROTESTO FORÇA SINDICAL/VIADUTO SANTA IFIGÊNIA - Paulinho da Força durante protesto da Força Sindical no Viaduto Santa Ifigênia, no centro de São Paulo (SP), na manhã desta sexta-feira (30), Dia Nacional de Mobilização e Luta. A ma (Foto: Leopoldo Vieira)

Hoje foram divulgados dados da pesquisa Vox Populi sobre o Impeachment.

O que eles dizem?

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi também apontado como o melhor da história por 45% dos brasileiros, ou seja, não haverá estabilidade política sem Lula apoiar um governo Temer, o que não vai acontecer, o que não permitirá estabilidade econômica.

Para a grande maioria dos brasileiros (58%), o Golpe de Estado em curso no Brasil não é a solução para os problemas econômicos e políticos do país, ou seja, a não obter respostas imediatas na economia, o governo Temer será recordista de impopularidade. Como não haverá recuperação súbita, isso agravará instabilidade política.

Metade da sociedade, exatos 50% contra 45% registrado em dezembro de 2015, acredita que a oposição está sendo oportunista, se aproveitando do desgaste do governo com a crise econômica para tirar Dilma do poder, ou seja, o golpe e o governo Temer não tem nem terão a confiança da sociedade, e o presidente seria não apenas mal avaliado por problemas conjunturais, mas visto como um mau caráter.

Para 49% dos entrevistados, o processo de impeachment que está tramitando no Congresso Nacional é vingança do deputado Eduardo Cunha, ou seja, Temer não teria condições de salvar Cunha.

Para 57% dos brasileiros, Aécio e FHC só pensam nos seus próprios interesses quando apoiam o impeachment, ou seja, o PSDB ampliará a tendência de derreter como alternativa de poder em 2018.

O percentual dos que acreditam que Dilma será cassada é exatamente igual aos dos que não acreditam nesta possibilidade - 44%, ou seja há forte confiança da sociedade na força política do governo.

Para 45% dos entrevistados, a presidenta Dilma sairá fortalecida se não houver impeachment, ou seja há forte confiança da sociedade na capacidade de reação do governo no pós-Impeachment.

Para 43% dos entrevistados, não é razão para Impeachment o governo ser ruim,ou seja metade do País discorda da derrubada do governo e se o governo sinalizar melhorar, o restante, que considera justo derrubar o governo por ele ser ruim, vai cerrar fileiras entre os que não defendem mais a queda de Dilma, o que estabilizará a economia e a política.

Para 36%, o impeachment é anti-democrático, é um golpe, ou seja, ⅓ do País classifica o Impeachment como um golpe de Estado e, por isso, teria disposição para resistência de alta intensidade.

No Nordeste, 54% são contra o Impeachment,ou seja, deputados que votarem pelo golpe vão ter dificuldades sérias para se eleger se já foram da base do governo Lula I, Lula II, Dilma I ou Dilma II.

Mas se não quiser considerar nada disso, considere que a Frente em Defesa da Democracia acabou de ser protocolada no Congresso Nacional, tem como propósito defender a legalidade contra o Impeachment e foi subscrita por 186 deputados, mas para barrar o Impeachment são necessários 172 votos.

Então, quem está mentindo para enganar a sociedade são os golpistas.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247