“Pavão misterioso” abre a cauda em leque e deixa escapar milhões de robôs

Colunista Denise Assis, do Jornalistas pela Democracia, alerta para o fato de que Carlos Bolsonaro, "da mesma janelinha de onde fez campanha - o Twitter -, iniciou um movimento de destruição da imagem de Glenn Greenwald" a partir de uma conta suspeita, do Pavão Mistorioso; "Desta vez, o Pavão deixou o seu majestoso rabo de fora...", observa a jornalista

Flickr Palácio
Flickr Palácio (Foto: carlos-bolsonaro)

Por Denise Assis, para o Jornalistas pela Democracia - Imagino que todos conheçam a máxima: “o criminoso sempre volta ao local do crime”. Pois é...

Do que tem brincado Carluxo, desde que que o general Santa Cruz saiu do seu caminho? Carlos Bolsonaro, o “gênio” informático do papai, voltou à sua máquina de fazer robôs. Desta vez, porém, diferente do que aconteceu em 2018, quando deu a entender que tudo transcorria na mais completa “normalidade”, disparou tuítes com nomes sugestivos tais como: “Pavão Misterioso”. Dali, da mesma janelinha de onde fez campanha, iniciou um movimento de destruição da imagem de Glenn Greenwald, o jornalista diretor do site The Intercept Brasil, que vazou para a imprensa as manobras de Sergio Moro e Deltan Dalagnoll.

Sabemos que o rapaz é ansioso, e isto não é uma característica muito feliz para quem lida com a política. Ela tem o tempo dela. Mas Carluxo não quis saber. Mandou ver no Twitter e o resultado foi detectado pelo jornalista Ivan Freitas (@Ivan).

Ivan publicou em seu Twitter vídeo de cerca de um minuto, em que demonstra a ação de robôs para fazer subir a hashtag bolsonarista. Todas as mensagens de Carluxo na hashtag são relacionadas a uma conta suspeita com ataques ao Glenn. Assim Freitas descreveu como chegou lá:

“Através de uma análise de quantas postagens por segundo eram feitas com o termo que fazia referência à conta Pavão Misterioso, supostamente derrubada pelo Twitter, que trazia uma série de acusações fakes contra Greenwald – falava-se em transações em bitcoins para Jean Willys e para um hacker israelense”. O jornalista evidenciou a atuação de robôs na divulgação da hashtag, que em poucos minutos alcançou a lista dos assuntos mais comentados do Twitter.”

Em seguida, postou um vídeo de um minuto demonstrando o resultado das postagens. Confiram logo abaixo:

Desta vez, o Pavão deixou o seu majestoso rabo de fora...

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247