Perdemos um tempo precioso com os porcos

Sem que percebamos, o tempo vai passando, o bezerro de ouro é adorado e os fariseus criam ídolos na espera que os guiem

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro-Daniel Silveira
Jair Bolsonaro-Daniel Silveira (Foto: Reprodução)


A imprensa vive da audiência de programas sensacionalistas, dos reality shows e da cobertura de crimes que abalam a estrutura hipócrita da sociedade. Hipócrita porque a maioria acompanha o desenrolar dos fatos por sadismo e não por interesse na justiça. 

Casos como o do inexpressivo Daniel Silveira são explorados porque envolve o presidente da república. Bolsonaro está usando o deputado como bandeira contra o STF para agradar seus seguidores e faturar com a peleja do herói contra o vilão. 

Bolsonaro não governa, passa o tempo criando polêmicas para lacrar nas redes sociais. Assim como Silveira e também o vereador Gabriel Monteiro, investigado por diversos crimes de assédio e estupro, Bolsonaro não trabalha para a população, mas para os seguidores. 

Sem que percebamos, o tempo vai passando, o bezerro de ouro é adorado e os fariseus criam ídolos na espera que os guiem. 

Perdemos um tempo precioso com os porcos! Não por incompetência, mas porque não jogamos o mesmo jogo, com as mesmas regras. O nosso propósito passa pela responsabilidade econômica e social, temos compromisso com o crescimento, com o desenvolvimento, com a soberania e democracia. 

A hora de entrar em campo está chegando e precisamos estar preparados para tudo, porque não suportamos mais essa escória por mais tempo. 

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email