Por que Gleisi para a presidência do PT

Companheiras e Companheiros,

Aproxima-se o momento em que deveremos escolher a  pessoa que vai presidir nosso Partido  pelos próximos 4 anos. É natural e faz parte do nosso jogo democrático que neste momento surjam alternativas diferentes. Importante que esta disputa e o diálogo em torno das alternativas se dê de maneira clara e leal.

É nesta perspectiva que venho apresentar minha posição e defender a continuidade do mandato de nossa atual Presidenta, a deputada Gleisi Hoffmann.

Primeiro desejo assinalar que nesta posição estou em plena sintonia com a imensa maioria de nossos filiados e simpatizantes. Se a eleição para Presidente do PT fosse direta, não tenho dúvida de que Gleisi teria uns 70% de votos entusiasmados da nossa base. Basta observar a reação da militância por onde ela anda, seja aqui no meu Estado de Santa Catarina, seja pelo Brasil afora. E o nosso Presidente Lula, com sua habitual perspicácia e sensibilidade, está, como sempre, em plena sintonia com nossa base partidária e popular ao reafirmar por inúmeras vezes que apoia e deseja que Gleisi seja reeleita Presidente do PT.

Precisamos nos perguntar o porquê desse fenômeno!

Arrisco aqui algumas opiniões:

No momento mais difícil, em que nosso Partido sofria o golpe mais duro de sua história, em que nossa militância estava humilhada, sofrida, temendo pelo fim de nosso Partido, esta Mulher Guerreira, em perfeita sintonia e fidelidade ao Presidente Lula, ergueu sua voz, deu voz de comando e coesionou o PT na defesa dos nossos princípios, da democracia e dos excluídos. Não teve medo de enfrentar nenhum dos adversários, por mais fortes, arrogantes e poderosos que fossem. Comandou a retomada da vida partidária, apoiou a recriação dos Setoriais, nos reaproximou como nunca dos movimentos sociais, devolvendo ao Partido sua vocação de ser expressão política da luta social e popular.

No momento mais sofrido de nossa história, contra a opinião de todos os conservadores e até mesmo de aliados, defendeu a bandeira da Liberdade do Lula como condição fundamental para o restabelecimento da democracia e da defesa dos pobres e mais, tomou a iniciativa de criar um Comitê Nacional por Lula Livre que mantém hoje viva e atuante esta bandeira.

Além disso, no período pós eleições, quando aliados históricos tentaram nos abandonar e isolar, Gleisi, juntamente com nossa Bancada, conseguiu reverter este quadro, construindo uma forte e atuante aliança que hoje reúne com estabilidade crescente partidos como o PSB, PDT, PSOL, PCdoB e mesmo a Rede em algumas das bandeiras de luta, contrariando a opinião daqueles que a acusavam de estreitar a visão partidária.

Mas Gleisi é importante sobretudo para o futuro: estamos vivendo um momento duríssimo da vida nacional e da democracia. Não temos certeza de até onde pode nos levar a sanha neo-fascista de um governo autoritário que cria na verdade um novo regime cada vez mais duro e antidemocrático. Neste contexto a Liberdade de Lula é uma batalha duríssima que devemos levar adiante com progressiva radicalidade e generosidade. Para isso precisamos de uma pessoa que nos conduza, conformando um núcleo dirigente forte e representativo, nesta batalha que vai requerer de nós o máximo de coesão, clareza, coragem, assistência e cuidado com nossas bases, para enfrentarmos a tempestade e ao mesmo tempo construir uma rota de vitórias que passa pelas eleições municipais de 2020 e prepara a grande batalha eleitoral de 2022. Conseguiremos forjar alianças duráveis e necessariamente amplas com todos os setores democráticos do País na medida em que estivermos fortes, organizados, coesos e conseguirmos romper o muro artificialmente construído entre nós e os setores mais excluídos da sociedade.

E Gleisi, com sua experiência, com sua coragem e denodo e com as naturais correções de rota que faremos, é neste momento a pessoa mais qualificada e adequada para seguir dirigindo nosso Partido, juntamente com o Presidente Lula, com Fernando Haddad e companheiros e companheiras representativos que virão a compor nossa nova Direção Partidária a partir de novembro.

Um fraterno abraço a todos e todas!

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247