Prefeitura de Abre Campos (MG) recolhe cães na cidade e joga no lixão

Segundo denúncias que circulam nas redes sociais, cães (4) foram colocados em cima do caminhão e presos com correntes, colocando em risco a vida desses animais, infringindo inclusive normas de trânsito

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Denúncias estarrecedoras circulam pelas redes sociais acusando a prefeitura da cidade de Abre Campos, Minas Gerais, de recolher alguns cães de rua e os levar para o lixão da cidade; distante cerca de 3 km da área urbana.
Os cães (4) foram colocados em cima do caminhão e presos com correntes, colocando em risco a vida desses animais, infringindo inclusive normas de trânsito.

Segundo Leonardo Ferret, que fez uma postagem na rede social Facebook relatando o caso, teria recebido informações de que mais de 20 cães estão nesse local, sem água e nem comida, e há um portão de segurança.

"Esperamos que o prefeito em exercício, Sr. Marcio Moreira Victor, tenha explicação melhor por não cuidar dos animais que são sua responsabilidade", disse.

Na mesma postagem, aparece um vídeo que mostra o desespero de uma mulher que cuidava de um deles na rua.

PUBLICIDADE

O e-mail da prefeitura é: [email protected] e o Facebook deles é https://www.facebook.com/municipio.campo

Acreditamos que através desta publicação e a união de todos, a prefeitura reverterá essa situação e passará a tratar os animais com dignidade e respeito. Se não o fizerem, cobraremos novamente.

PUBLICIDADE

Ajude compartilhando.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email