Próximas horas serão decisivas para a história do Brasil

www.brasil247.com - Lula e Bolsonaro
Lula e Bolsonaro (Foto: Ricardo Stuckert | REUTERS/Adriano Machado)


As próximas horas são decisivas para a história do Brasil, uma vez que permitirão, a partir da vitória de Lula, retirar do poder o desgoverno dos últimos quatro anos e fazer as mudanças e os consertos que o país tanto precisa. A cada pesquisa divulgada, o ‘Capitão Capiroto’ fica mais desesperado. 

Nos últimos dias, Bolsonaro está parecendo um cachorro louco, em lives cada vez piores, cada vez com menos compostura e desajustado, fazendo ataques a adversários e a ministros do STF e do TSE. Fico o tempo todo me perguntando onde foi que erramos para termos chegado ao ponto de ter um louco desses na presidência da República.

Vivemos um momento delicado em que o mundo inteiro está de olho no nosso país. Porque o mundo inteiro sabe que nos últimos anos a Amazônia foi extremamente devastada, que tivemos aumento dos ataques aos direitos humanos, aumento da homofobia e do racismo e grande perda de direitos e garantias dos trabalhadores. 

Por isso, nos conforta saber que pela primeira vez eleições realizadas no Brasil serão acompanhadas muito de perto por mais de 100 instituições, nacionais e internacionais. Nos conforta saber que o Senado norte-americano aprovou por unanimidade uma resolução fortalecendo a democracia e afirmando que, em caso de golpe após o resultado das urnas, os Estados Unidos devem romper imediatamente relações com o Brasil.

Faço campanha há muito tempo. É a primeira vez em que chego na rua para conversar com as pessoas e quem se diz favorável ao presidente fica acanhado, sem saber dizer os feitos que ele fez nesses anos de desgoverno, porque não existem. Vamos sair vitoriosos pela força do povo. Mas para isso, precisamos ficar atentos não apenas para eleger Lula já no primeiro turno, como para eleger também os senadores, governadores e parlamentares que ajudem Lula a governar e voltar ao seu prumo, com desenvolvimento, geração de emprego e redução de desigualdades.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email