PT tem de averiguar se houve traição a Lula – e de quem

Ao PT resta investigar, pelas vias legais e jurídicas ao alcance, a eventual existência, que em nome da boa fé e da confiança política considero improvável, de algum petista que possa ter servido à conspiração da Lava Jato, diz o colunista Jeferson Miola

(Foto: Reprodução | Ricardo Stuckert Instituto Lula)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O PT está diante de uma denúncia muito séria, e o mínimo que se espera é que sua direção apure a fundo a veracidade desta denúncia.

Em entrevista a Joaquim Carvalho/TV247, o “hacker de Araraquara” Walter Delgatti disse que Lula foi traído por um petista que, na época [governo Dilma, 2015/2016], era um “agente do Estado”.

Delgatti disse que as mensagens mostram que o referido petista teria, supostamente, se reunido com Deltan Dallagnol, “ajudado a Lava Jato e prejudicado Lula”.

O formidável acervo de conversas mafiosas entre Moro e procuradores e sobre práticas criminosas do bando criminoso da Lava Jato, obtido por Delgatti, tem sido usado com eficácia pela defesa do Lula no STF para comprovar a suspeição do Moro e a parcialidade da Lava Jato.

Seria contraditório, para dizer o menos, se agora o PT, liminarmente, desconsiderasse a revelação do Delgatti sobre suposto petista que “traiu Lula”.

Ao PT resta investigar, pelas vias legais e jurídicas ao alcance, a eventual existência, que em nome da boa fé e da confiança política considero improvável, de algum petista que possa ter servido à conspiração da Lava Jato.

Mais do que isso, o PT tem o dever de revelar aos seus quase 2 milhões de filiados e às dezenas de milhões de petistas simpatizantes, a identidade do eventual traidor, se de fato existir, e aplicar a ele as sanções estatutárias.

Ou, caso contrário, o Partido deverá desmentir categoricamente Delgatti e exigir, no judiciário, eventuais medidas reparatórias.

Este episódio não comporta dubiedades, relatividades ou arranjos entre as diferentes tendências partidárias.

A verdade deve ser buscada, por mais traumática e dolorosa que possa ser, sem pré-julgamentos ou insinuações. Não tem outra saída: o PT tem de averiguar se houve traição a Lula, e de quem!

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email