Mulheres no comando

PT terá candidatura própria em Ananindeua com mulheres no comando, não no Laranjal

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O caótico momento nacional tem produzido impactos negativos na já precária situação social de Ananindeua: aumentou a violência contra os pobres, pretos da periferia; cresceu o racismo, a homofobia e o feminicídio; o saneamento básico tornou-se um problema de calamidade pública; o custo de vida disparou, com o preço da carne nas alturas; o desemprego e informalidade batendo recordes, entre outras mazelas.

Diante do inferno que virou a vida em Ananindeua, lideranças políticas de esquerda abrem mão do protagonismo político para vir de carona em chapas de outros partidos em troca de cargos nos futuros governos. Não é razoável ser vice em chapas da direita, cuja doutrinação política tem fortalecido o fascismo. É necessário, em todos os espaços, defender a vida contra a morte. Como dizia Cazuza: a burguesia é a direita, é a guerra!

Para dar conta dessa tarefa, o PT precisa ter candidatura própria em Ananindeua, atendendo ao pedido do nosso presidente Lula. É necessário polarizar o País a favor da democracia, da inclusão social, dos direitos humanos e do meio ambiente. Nossa cidade, pelos péssimos índices sociais que ostenta, não pode mais esperar. Ao invés de nos comportar como um partido da boquinha, vamos despertar o Lulastê, o Lula que existe em cada um de nós, contra o bolsonazismo. Vamos lembrar às pessoas que elas têm um futuro melhor do que dançar conforme o golden shower do olavista doido.

Vamos propor a revolução colorida para renovar o PT. É imprescindível surgirem novas lideranças: negros, mulheres, indígenas, trabalhadores formais e informais, LGBTs, como já aconteceu Brasília. Esse arejamento partidário tem que chegar ao Pará e, sobretudo, à Ananindeua, libertando o PT da lógica do síndico do capitalismo e da capitulação oportunista.

Nossa aliança é com o povo! Quem está com ele não está isolado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247