Quando a escuridão se impõe, à luz me banho

Deliberar sobre a fruição ou não da atividade carnavalesca é abuso de autoridade e desvio de função. Só mesmo um governo fraco, medíocre e míope pode outorgar poderes para a PM para tomar decisão sobre o exercício legal da liberdade de manifestação cultural

Deliberar sobre a fruição ou não da atividade carnavalesca é abuso de autoridade e desvio de função. Só mesmo um governo fraco, medíocre e míope pode outorgar poderes para a PM para tomar decisão sobre o exercício legal da liberdade de manifestação cultural
Deliberar sobre a fruição ou não da atividade carnavalesca é abuso de autoridade e desvio de função. Só mesmo um governo fraco, medíocre e míope pode outorgar poderes para a PM para tomar decisão sobre o exercício legal da liberdade de manifestação cultural (Foto: Luciana Oliveira)

"Enquanto Presidente da Associação Cultural Rio Madeira, venho externar Total apoio às manifestações da Jornalista Luciana Oliveira face à atitude repressiva da Polícia Militar de RO.

Cultura Popular não é coisa que possa ficar à mercê de decisão unilateral de um órgão como a Polícia Militar. Essa instituição deve no máximo se ater a prestar segurança aos brincantes!

Deliberar sobre a fruição ou não da atividade carnavalesca é abuso de autoridade e desvio de função. Só mesmo um governo fraco, medíocre e míope pode outorgar poderes para a PM para tomar decisão sobre o exercício legal da liberdade de manifestação cultural.

O Comandante da PM deveria ser no mínimo penalizado com advertência pública pela atitude repressiva imposta à Banda do Vai Quem Quer. Prestar segurança, Sim! Reprimir a Cultural Popular, não!!

A Jornalista Luciana Oliveira, corajosa que é, está corretíssima! Por isso conta com nossa inarredável solidariedade!!

Caberia ao Prefeito Hildon e ao Presidente da Fundação Cultural pedir explicações ao Comando Geral da Polícia Militar e ao Governador do Estado!

Parabéns, Luciana! Conte com nosso apoio!!"

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247