Querem a degola de Lula e a submissão do povo

O voto em Lula é também um voto em quem está a seu lado e ao nosso lado. Um voto em defesa de nossos direitos e contra as imposições da grande elite. Votar em Lula é um ato revolucionário de resistência contra o sistema, os privilégios de uma casta e contra o poder imperial dos donos do dinheiro

Querem a degola de Lula e a submissão do povo
Querem a degola de Lula e a submissão do povo (Foto: Stuckert)

Imagine a cena: os carrascos do Judiciário, que apenas cumprem seu serviço e são leais a seus patrões, levam Lula à praça pública e o amarram em uma espécie de guilhotina. Para assistir, convocam pela Rede Globo toda a população para ver de perto ou assistir de sua casa.

No pico da audiência, transmitem ao vivo a degola do prisioneiro.

Mas ainda não bastaria: iriam o esquartejar seu corpo e espalhar os pedaços por todos os lados, deixando apenas sua cabeça fincada num pedaço de pau com os seguintes dizerem: "nunca ousem chegar perto do poder. O poder não pertence a vocês. Nunca mais ousem pensar que podem. O papel de vocês é apenas aceitar nossa vontade e se contentar com as migalhas."

Parece uma cena de filme medieval ou de caça às bruxas, mas é exatamente a vontade do grupo Globo e das elites retrógradas e subservientes que tomam conta do país.

Apenas não degolaram Lula ainda porque querem dar a tudo isso um ar de legalidade mas, a cada novo ataque à democracia, como o impedimento de Lula pelo TSE, fica mais claro até onde são capazes de chegar e qual é o recado para todos aqueles dispostos a desafiar suas regras.

Mas Lula não é uma pessoa. Lula é uma ideia, um projeto e um símbolo de esperança.

A nós, frente ao ataque democrático e social em curso, só resta uma alternativa para mudarmos essa situação e darmos um basta em tudo isso: resistir, defender a candidatura de Lula e, mesmo que eles continuem o mantendo fora, votar em quem Lula indicar.

O voto em Lula é também um voto em quem está a seu lado e ao nosso lado. Um voto em defesa de nossos direitos e contra as imposições da grande elite.

Votar em Lula é um ato revolucionário de resistência contra o sistema, os privilégios de uma casta e contra o poder imperial dos donos do dinheiro.

Devemos ir às ruas, vencer as eleições e garantir um projeto do povo e para o povo.

Temos agora pouco mais de um mês para derrotar esses que apenas nos veem como escravos.

Resistiremos e venceremos porque essa é a vontade do povo e contra essa ninguém pode.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247