Receita de Bolo para o Impeachment

Nascia ali em 2013 o processo de perseguição política e cassação de mandato legítimo mais controverso da história do Brasil

Nascia ali em 2013 o processo de perseguição política e cassação de mandato legítimo mais controverso da história do Brasil
Nascia ali em 2013 o processo de perseguição política e cassação de mandato legítimo mais controverso da história do Brasil (Foto: Ricardo Fonseca)

Em 02 de junho de 2013, o Brasil começou a viver a onda de protestos, que virou moda e acontece até hoje. Claro, os protestos iniciais tinham um único objetivo: barrar o aumento do transporte público nas grandes cidades. Porém, as manifestações se transformaram em palanque político por grupos opositores ao governo Dilma. Nascia ali em 2013 o processo de perseguição política e cassação de mandato legítimo mais controverso da história do Brasil. 

1- Uma boa dose de protestos do Movimento Passe livre – MPL, contra a meia passagem, com pitadas de pedidos de Impeachment e intervenção militar, adoçada com a truculência da polícia militar de SP, com pitadas de fotos com sprays de pimenta, marcas de bala de borracha nos rostos e corpos dos manifestantes e um molho especial da imprensa nacional, interessada na queda da presidenta ainda em 2013.

Confira mais detalhes desse ingrediente aqui.

2 - Adicione o nascimento e primeira fase da Operação Lava Jato com a prisão do doleiro Alberto Youssef e seu Camaro amarelo. Adicione mais 1 colher de Operação lava Jato, agora na segunda fase, com a prisão de Paulo Roberto Costa e sua língua apimentada. Mecha bem e... veja se dá liga?

3- Adicione o ex deputado André Vargas(PT-PR), o Labogen e o Ministério da Saúde. Opa! Começou a dar liga!!!

4- Coloque os documentos apreendidos na Petrobras em 2014, mais os caminhões de Bezerros "doados" por Paulo Roberto Costa ao deputado Luiz Argôlo (SD-BA). Hum ficou sem consistência.

5- Bote um pouco de CPI e CPMI da Petrobras no Congresso... ainda não está dando liga!

6- Derrame bastante da Campanha #VemPraRua da Fiat feita para a Copa do Mundo (2014) e adicione o produto carona dos oposicionistas ao governo Dilma. Pronto, o tempero que precisava para ficar consistente essa massa.

7- Coloque um pouco de Meire Poza e suas denúncias contra Renan Calheiros (Presidente do Senado) e Mario Negromonte (Ministro das Cidades).

8- Adicione um estrondoso "Vai tomar no Cu" para a presidenta na abertura da Copa do Mundo, mais manifestações o ano inteiro de 2014.

9- Derrame a Sétima fase da Lava Jato e apreensões nas empreiteiras Camargo Corrêa, OAS, Queiroz Galvão e Odebrecht. Fato que diminuiu o PIB brasileiro e parou o setor de engenharia no Brasil.

10- Adicione a derrota do PSDB nas urnas, o Mimimi dos tucanos, mais o choro de Aécio Neves e a sua desconfiança na lisura das eleições pelo TSE, com uma campanha de guerrilha da mídia golpista ou grande imprensa brasileira contra o governo vitorioso.

11- Depois de tentarem adicionar pitadas do mensalão petista e da compra da refinaria Pasadena, sem sucesso, resolveram adicionar Renato Duque, Fernando Baiano, José Dirceu, Venina Velosa da Fonseca, Jaime Alves "o careca", Nestor Cerveró, Pedro Barusco, João Vaccari Neto, Eduardo Hermelino Leite, Ricardo Pessoa... criaram o PIXULECO... Opa! Está chegando perto do objetivo sórdido essa massa!!!

12- Com o caldo Já grosso, colocaram Milton Pascowitch, Marcelo Odebrecht, Otávio Marques de Azevedo, Julio Camargo... Opa! Tiram o Eduardo Cunha (presidente da Câmara) desse tempero??? Por que meu Deus??

13- Já estava pronto uma jarra com o primeiro pedido de Impeachment de um ex fundador do PT Helio Bicudo, do jurista tucano Reale Jr e da advogada Janaína Pascoal, com o apoio de Cunha. Não vingou!!! Então entraram com um novo pedido agora em 2015. Confira aqui.

14- Adicione o depoimento Coercitivo de Lula, com as manifestações televisionadas, grampos e outras ilegalidades constitucionais... Nossa está quase no ponto!

15- Coloque os maus passos de Sérgio Moro em sua perseguição implacável contra Lula e Dilma, com o carão que Moro levou de Teori Zavascki ( Ministro do STF), mais a liminar do sinistro Gilmar Mendes para impedir a posse do ex-presidente como Ministro Chefe da Casa Civil e a Campanha diária na mídia. Tá quase pronto. Opa!!! alguma coisa está dando errado, Lula subiu nas pesquisas segundo DataFolha, mesmo com parecer favorável do relator da Comissão do impeachment Jovair Arantes.

16- Por último, depois do show pirotécnico do Iron Maiden Cover e muitas Janaínas e seu exorcismo contra a corrupção na USP, mais a pimenta diária midiática dos telejornais, capas de revistas e manchetes de jornais, tudo junto e misturado... a massa por fim ficou pronta para assar no forno infernal do Congresso Nacional. Reveja aqui.

Para sabermos do resultado desse "Bolo do Impeachment" no mais recente reality show criado pelo PIG, " o Master Blaster No Corrupt Chief"... Só saberemos entre os dias 11 e 21 de abril, quando será votado o "impeachment", tanto na comissão especial, quanto no plenário. Veja aqui.

Duas perguntas que não querem calar:

1- Como podem participar de uma comissão para julgar o mandato da presidenta Dilma (que não cometeu crime algum), vários deputados que receberam propinas de empreiteiras? Reveja aqui.

2- Como pode Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com tantas ações e processos que correm contra ele (comprovados), ainda ser presidente da Câmara dos deputados e encabeçar o processo de crime inconstitucional contra Dilma Roussef? Veja as ações aqui.

Que moral tem eles para julgar um mandato legítimo, conquistado com 54,5 milhões de votos nas urnas em 2014?

#NaoVaiTerImpeachment #NaoVaiTerGolpe

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247