Reforma Administrativa: PEC 32/2020

Poema de Cristine Nobre Leite denuncia a PEC 32/2020, da reforma administrativa

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert)


Cipó de Aroeira

Reforma Administrativa: PEC 32/2020

Por Cristine Nobre Leite

Uma aberração de emenda
Essa PEC trinta e dois
Não deixarei pra depois
Versejo pra que aprenda
Torço pra que compreenda
E faça uma avaliação
Captando a informação
Que eu deixo em poesia
Servidor sem garantia
Sofrerá com a má gestão 

Capenga estabilidade
É o que está na proposta
Mas há um poder que aposta
Na reforma da maldade
Pois não querem qualidade
Ao servidor: a expulsão
Preferem a indicação
Um "QI" pra Tirania
Servidor sem garantia
Sofrerá com a má gestão 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Concursos pra dar lugar
E efetivar  puxa-sacos
Depois juntamos os cacos
Vendo o país afundar
Pois se essa emenda colar
Gritará a corrupção
Muita fraude em prestação
De serviços todo dia
Servidor sem garantia
Sofrerá com a má gestão 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Privilégio é pra poucos
Não pra simples servidores
Que apenas são cumpridores
E trabalham feito loucos
Muitos ficam até roucos
Se o cargo é de falação
Eu aqui lhes dou razão
Essa emenda é porcaria
Servidor sem garantia
Sofrerá com a má gestão 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se há gastos no Estado
E pro servidor se aponta
Há erro grande na conta
Ou foi tudo manobrado
Roubo sendo resultado
De gestor bem malandrão
Que frauda licitação
E muita verba desvia
Servidor sem garantia
Sofrerá com a má gestão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email