Rejeição a Moro no Nordeste está 15 pontos à frente de Lula

No Nordeste, a rejeição a Sergio Moro em setembro atingiu 36%, um aumento de 6 pontos sobre junho. Com isso, Moro tem 15 pontos a mais de rejeição no Nordeste que Lula, cuja rejeição no nordeste caiu de 26% em junho para 21% em setembro

moro lula
moro lula (Foto: Miguel do Rosário)

Segundo o último Datafolha, o juiz Sergio Moro já desfruta de rejeição de político conhecido junto a importantes setores da população. Entre a população com renda familiar até 2 salários, 30% responderam que não votariam “de jeito nenhum” em Sergio Moro.

No total nacional, a rejeição a Sergio Moro cresceu de 22% para 25% de junho a setembro. Foi um movimento contrário ao de Lula, cuja rejeição caiu de 46% para 42% no mesmo intervalo de tempo.

Moro está empatado com João Doria em rejeição, e com uma semelhança: ambos estão assistindo sua rejeição crescer.

No Nordeste, a rejeição a Sergio Moro em setembro atingiu 36%, um aumento de 6 pontos sobre junho. Com isso, Moro tem 15 pontos a mais de rejeição no Nordeste que Lula, cuja rejeição no nordeste caiu de 26% em junho para 21% em setembro.

No Norte, a rejeição a Moro chega a 30%.

Moro já afirmou que não será candidato, então sua presença nas pesquisas tem uma função apenas didática.

Num eventual segundo turno, ainda há empate técnico entre Lula e Moro, mas a vantagem de 2 pontos que favorecia a Moro agora virou para Lula. Ele tem 44% contra 42% de Moro.

No Nordeste, porém, Lula teria 67% X 24% Moro. O juiz, porém, ganharia no Sudeste, no Sul e no Centro-Oeste. Além do Nordeste, Lula ganharia no Norte, por 49% X 39%.

Na divisão por idade, Lula ganharia de Moro entre jovens até 24 anos, por 47% a 41%, e entre mais pobres, com 57% a 31%. O eleitorado de Moro cresce a medida que sobe a renda.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247