Retrospectiva e previsões

"Com a água pelo pescoço saudamos o novo ano na esperança de que não nos afoguemos", escreve o chargista Miguel Paiva, do Jornalistas pela Democracia

www.brasil247.com -
(Foto: Miguel Paiva)


Por Miguel Paiva, para o Jornalistas pela Democracia 

COMO FOI 2019?

Fácil, começou em janeiro com a posse do governo Bolsonaro e de lá pra cá a única coisa que realmente aconteceu foi o aumento do registro de armas de fogo. Se for para comemorar a virada do ano dando tiros para o alto faz sentido. Mas, como não é para isso ficamos ouvindo os coquetéis molotov explodindo na liberdade de expressão. Com a água pelo pescoço saudamos o novo ano na esperança de que não nos afoguemos.

COMO SERÁ 2020?

Janeiro

Fora os festejos do primeiro ano de governo, as estatísticas falsas, os números adulterados e a realidade distorcida vivemos a sensação de que o ano perdido que passou se repetirá no ano que começa. Aqui no Rio o sol brilha, as balas perdidas acham seus alvos na população negra e pobre. Dia 18 é o dia nacional do riso e dia 28 dia do combate ao trabalho trabalho escrevo. Espero que um não alimente o outro.

Fevereiro

É carnaval!. O governo ainda não deve ter se inteirado do que vem por aí em termos de letras dos sambas enredo. Vai precisar de muito espírito carnavalesco ou se juntar ao Crivella em algum retiro espiritual nas montanhas. Dia 26 é quarta-feira de cinzas mas o Dia da Ressaca e dia 28. Acho que erraram a data.

Março

A única certeza são as chuvas. Como se previa nada foi feito nem no Rio, nem em São Paulo ou qualquer outra cidade que sofre com as chuvas. Começa dia Primeiro  com o aniversário do Rio de janeiro que este ano será comemorado em São Paulo por falta de condições. Dia 8 tem o dia internacional da Mulher, dia 20 o dia da Felicidade e dia 21 dia Mundial da Infância. Nenhum motivo para comemorar.

Abril

No dia Primeiro de abril o TSE passa a veicular campanha para estimular a participação de mulheres, jovens e negros na política. Deve ser Primeiro de Abril, mesmo. Mas o mês promete. No dia 21 se festeja Tiradentes, não sei se porque ele lutou pela independência do Brasil ou se porque foi enforcado. Mas é feriado. Já o Descobrimento, no dia seguinte nem é lembrado.

Maio

Mês das noivas. Nunca descobri porquê. O mês começa com o dia do Trabalho, feriado universal mas o Guedes já-já vai querer eliminar. Se é dia do trabalho tem que trabalhar. Neste mesmo dia 1 é dia da Literatura Brasileira, coitada e no dia 3 o dia da Liberdade de Imprensa. Faz sentido. O que não faz sentido é dia 25 ser o dia nacional da Toalha. Não dá pra entender. Eu jogo a toalha.

Junho

No dia 5 se festeja o dia Mundial do Meio-Ambiente. Corre o boato que esse dia será eliminado a golpes de machado, serra elétrica, gazes poluidores e grandes queimadas. Como dia 11 é feriado religioso espera-se que os danos sejam contidos pela fé em Cristo. Dia 13 festeja-se Santo Antônio e dia 25 o dia do cotonete. Deve haver alguma ligação entre essas datas.

Julho

As duas datas mais importantes de julho são, dia 10, dia da pizza e dia 31, dia do orgasmo. Quem gosta muito de pizza pode tranquilamente ligar as duas datas. Quem gosta que tudo acabe em pizza , também. Dia 24 começam os jogos olímpicos do Japão. Para tudo! Melhor programa do ano.

Agosto

Até o dia 9, jogos olímpicos. O resto que se dane. Sobram 22 dias para que os candidatos comecem suas campanhas inclusive na internet e que se festeje o dia dos pais. Nos vemos em setembro.

Setembro

Um mês bastante simbólico. Dia 5 se festeja o dia da Amazônia, coitada e dia 21 o dia da Árvore, se ainda houver alguma árvore na Amazônia. Dia 7 o dia da Independência do Brasil que até hoje se festeja mas não aconteceu. O bom mesmo é dia 6, o dia do Sexo. Liberou geral mas cuidado com as bombas molotov porque a partir de setembro nenhum candidato às eleições municipais poderá ser preso a não ser em flagrante.

Outubro

Eleições municipais, finalmente. O grande plebiscito brasileiro disfarçado de eleições administrativas. Vamos ver de que jeito esse país pensa, qual a real força da direita e a capacidade de reação e união da esquerda. Dia 4 será o primeiro turno e dia 25 o segundo. Que deus nos ajude, D. Pedro nos inspire, Nossa senhora de Aparecida ( dia 12) nos abençoe e o Saci Pererê ( dia 31) nos proteja.

Novembro

Com o resultado das eleições divulgados posso afirmar com total segurança que não há como prever os resultados. Como novembro já traz a promessa do fim de ano e da chegada do verão o melhor é relaxar e aproveitar. Está muito longe ainda para fazer qualquer tipo de previsão, mas como deus é brasileiro e não votou no Bolsonaro espero que tudo dê certo.

Dezembro

Já e Natal geral. Se conseguirmos chegar até o mês de dezembro intactos, vivos e com um mínimo de esperança no futuro é sinal de que o ano valeu. Espero que os amigos consigam tudo de bom e os inimigos a justiça.. Ano que vem farei novas previsões. se nada mudar até lá pego essas daqui copio e colo. Até 2021!

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email