Ribeiro, preste atenção!

A poetisa Cristine Nobre Leite comenta sobre o escândalo de corrupção no MEC

www.brasil247.com - O ministro da Educação, Milton Ribeiro, com o pastor Arilton Moura em 30/11/2021
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, com o pastor Arilton Moura em 30/11/2021 (Foto: Foto: Luis Fortes/MEC)


Cipó de Aroeira

Ribeiro preste atenção!

Por Cristine Nobre Leite

"Só quero um quilo de ouro!"
"Ouro pelo amor de Deus"
Venha a Mateus logo os seus
Pra catarem seu tesouro
A notícia foi estouro:
Pastor captou dinheiro
No MEC  manda o Ribeiro
E o Jair da presidência
Num tráfico de influência
E fé para trambiqueiro

Falam que a corrupção
Acabou muito ligeiro
No Estado brasileiro
Em governo do capitão
Perdido de obrigação
Fazendo o povo de otário
Esse ser nada lendário
É projeto de presidente
Totalmente inconsequente
E terrível mandatário

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não há um crime perfeito
Mas há "Santos" sem milagre
Um Gilmar que se consagre
Negociando com jeito
Ainda bate no peito
Afirmando ser cristão
Dinheiro? Pra construção
De igrejas pelo país
MEC ficando infeliz
Depois da conspiração

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não é pouca caridade
Trata de um agir sem critério
Desviar do Ministério
Verbas de cada cidade
Caberá improbidade
Por essa má condução
Dou graças ao Maranhão
Que teve.Braga a dizer
Pro nosso ouvido entender
Àquele: "Pega ladrão!"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email