Se Lula citasse a Otan em vez de Zelensky, estaria 100% certo

Lula não está errado mas, se ao invés de dizer Zelensky tivesse dito Otan, estaria 100% certo

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Reprodução | Ricardo Stuckert)


Lula concedeu ótima entrevista à Time e a imprensa brasileira, aquela, foi buscar uma frase dele supostamente infeliz, igualando a culpa de Zelensky à de Putin pelo conflito na Ucrânia. Lula não está errado mas, se ao invés de dizer Zelensky tivesse dito Otan, estaria 100% certo.

Em conversa com este colunista, o professor de Direito Internacional da FGV Salem Nasser explicou que a Otan, neste momento, está sendo testada. E está falhando no teste.

Sendo um país que estava praticamente dentro da Otan e foi agredido pela Rússia sem receber proteção nenhuma além de remessas de armas, a Ucrânia está sendo usada como território de batalha para enfraquecer os russos. Ou talvez para desafiar os chineses, acredita Nasser.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Defender ou não a invasão, de outra parte, depende de algumas coisas. Em termos jurídicos, sempre segundo Nasser, a Rússia estaria autorizada a invadir se estivesse de fato ameaçada – não se esqueçam dos movimentos de aproximação de tropas da Otan do território russo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outro motivo justificável da invasão seria uma intervenção humanitária. A Rússia diz, e para Nasser pode ser verdade, que nas repúblicas do Donbass havia uma guerra sistemática acontecendo contra uma parte da população russófila, e que ela interveio para proteger essa população. Lembremos de que as duas repúblicas declararam independência e pediram a intervenção russa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em termos de relações internacionais, há um argumento razoável em defesa da tese de que a Rússia foi empurrada para o ato invasor. Não se trata, diz Salem Nasser, de defender a invasão nem os métodos utilizados, mas de explicar por que não poderia ter sido de outro jeito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email