Se Marisa é dona do sítio, eu sou o dono do Palácio dos Bandeirantes

Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio.

Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio.
Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio. (Foto: Alex Solnik)

A “Folha” revela uma notável descoberta: publica uma nota fiscal de compra de um barco de 4.200 reais em nome da ex-primeira dama Marisa Letícia onde  consta como endereço o sítio de Atibaia usado por Lula, como prova de que o imóvel pertence ao casal.

   Espanta, e decepciona, o preço do barco. A julgar pela imagem de casal nababesco que se tenta colar no ex-presidente e na sua mulher ela deveria ter comprado no mínimo um iate daqueles do Eike Batista. Mas não, ela comprou um barquinho. Daqueles da música do Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli.

  O primeiro equívoco do repórter foi ter confundido endereço da residência de quem comprou o barco com o endereço do destinatário da mercadoria.  É evidente que um objeto volumoso como um barco tem que ser entregue não na residência do cliente, mas no local onde a mercadoria será usada e que não é, obrigatoriamente, a sua residência.

   Se o endereço que consta na nota fosse o da residência da ex-primeira-dama deveria ser o de São Bernardo do Campo, onde ela mora de fato. Se o endereço é de Atibaia não é o seu endereço residencial e sim o endereço onde a mercadoria deve ser entregue.

   Não existe elo - em nenhum tratado de Direito - entre o endereço que está numa nota fiscal e a propriedade do imóvel que o ocupa, ou seja, a nota fiscal por si só não prova que o sítio onde o barco foi entregue seja da ex-primeira-dama, o que seria, além do mais, uma novidade, pois o que se tenta provar é que o sítio não é dela, mas de Lula.

   Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

O histerismo ideológico do clã Jair Messias e seus seguidores
Ariovaldo Ramos

Depressa!

Se houvesse necessidade, frente a qualquer inimigo externo, Deus levantava um ou uma líder, chamado de juiz ou de juíza, que comandava o povo contra o invasor e, assim, protegia o território e o...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247