Se Marisa é dona do sítio, eu sou o dono do Palácio dos Bandeirantes

Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio.

www.brasil247.com - Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio.
Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio. (Foto: Alex Solnik)


A “Folha” revela uma notável descoberta: publica uma nota fiscal de compra de um barco de 4.200 reais em nome da ex-primeira dama Marisa Letícia onde  consta como endereço o sítio de Atibaia usado por Lula, como prova de que o imóvel pertence ao casal.

   Espanta, e decepciona, o preço do barco. A julgar pela imagem de casal nababesco que se tenta colar no ex-presidente e na sua mulher ela deveria ter comprado no mínimo um iate daqueles do Eike Batista. Mas não, ela comprou um barquinho. Daqueles da música do Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli.

  O primeiro equívoco do repórter foi ter confundido endereço da residência de quem comprou o barco com o endereço do destinatário da mercadoria.  É evidente que um objeto volumoso como um barco tem que ser entregue não na residência do cliente, mas no local onde a mercadoria será usada e que não é, obrigatoriamente, a sua residência.

   Se o endereço que consta na nota fosse o da residência da ex-primeira-dama deveria ser o de São Bernardo do Campo, onde ela mora de fato. Se o endereço é de Atibaia não é o seu endereço residencial e sim o endereço onde a mercadoria deve ser entregue.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

   Não existe elo - em nenhum tratado de Direito - entre o endereço que está numa nota fiscal e a propriedade do imóvel que o ocupa, ou seja, a nota fiscal por si só não prova que o sítio onde o barco foi entregue seja da ex-primeira-dama, o que seria, além do mais, uma novidade, pois o que se tenta provar é que o sítio não é dela, mas de Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

   Nada impede que o barco tenha sido comprado de presente para o verdadeiro dono do sítio onde ela e o marido passam férias. Nada mesmo.  Se eu compro de presente para o governador Geraldo Alckmin um tucano gigante de bronze, o endereço na nota fiscal será o do Palácio dos Bandeirantes, o que não quer dizer que eu seja o dono do palácio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email