Sem machões, só covardes

Apenas o STF fez uma dura e devida resposta aos atos golpistas e criminosos de Jair Bolsonaro

(Foto: ABr | Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News

Apenas o STF fez uma dura e devida resposta aos atos golpistas e criminosos de Jair Bolsonaro. Assistimos, mais uma vez, a um Parlamento acovardado, preso em notas de repúdio e clamando pela pacificação. Pedem a Átila não ser o rei dos Hunos! A PGR conivente e a Câmara dos Deputados avaliando se o despresidente ainda dá lucros ao centrão não se moverão em direção ao mais que necessário impeachment. Tardiamente, tucanos dão uma revoada para fora do muro para se dizerem oposição, piado e piada a substituir o grunhido. O golpe já foi dado!

Lembremos que outro golpe, o de 1964, foi no 'dia da mentira', que os militares insistiram em retroceder um dia para não ficar na piada. O deste 7 de Setembro tentou estabelecer a verdade de um governo perverso com uma base minúscula, mas extremamente criminosa e armada. Quero meu Brasil de volta, com todas suas cores, independente desta familícia obscurantista! Bolsonaro é, portanto, um covarde. Posa de machão para esconder a covardia plasmada desde a origem na família sem sucesso que brigava com as populações locais, passando pela criminosa vida militar, chegando à improdutiva atuação no parlamento. As cores nacionais deram o tom das ações do despresidente: verde nas bravatas golpistas e amarela na vergonha do recuo. O leão virou rato, mas ainda é um vetor da peste. Muitos esperavam e até tinham certeza sobre a situação caótica do desgoverno atual. Opções havia, preteridas em função de inimigos inexistentes. Não há como esperar governo onde só há crimes, proteção familiar e corrupção intrínseca para se manter no poder. Seguimos, pois, com o perverso criminoso fazendo papel de demente inimputável.

PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email