Sobre progressismo em tempos confusos

Lei não significa justiça. Martin Luther King Jr., principal cabeça do movimento pelos Direitos Civis nos EUA, uma vez disse que "é nosso dever moral, e obrigação, desobedecer a uma lei injusta". Talvez essa frase seja a melhor definição do que é o progressismo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

"Estrelas Além do Tempo" é um daqueles filmes que a mensagem supera o meio.

Originalmente intitulado "Hidden Figures", o drama nos conta a história de três matemáticas que trabalham para a NASA em plena era da corrida espacial e, juntas, superam as barreiras de preconceito, ligadas à gênero e cor, até então institucionalizadas nos EUA.

Não é meu objetivo analisar o filme quanto a suas questões técnicas – elas aqui são irrelevantes ao meu pensamento. O que mais me impressiona e merece um comentário são as algumas das falas que ocorrem durante o longa, por serem muito marcantes.

Segue um spoiler que vale ser dado: em um dado momento, a personagem Mary Jackson (Janelle Monáe) busca realizar seu sonho de ser engenheira da agência espacial Americana. Para isso decide tomar classes necessárias de engenharia em uma escola pública que excepcionalmente atendia apenas estudantes brancos.

Quem já estudou a história norte-americana sabe que o processo de segregação na terra do Tio Sam ocorreu de forma institucionalizada, diferente do Brasil. Leis separavam os direitos e deveres de brancos e negros. Assim, Mary teve de recorrer à Justiça, a fim de que lhe concedessem uma permissão para tomar as classes na tal escola.

E seu discurso diante do juiz é tocante. Trata do que, em inglês, se chama de "groundbreaking" – quebra de paradigmas, revolução. Tentarei não dar mais detalhes para que não se perca a experiência do filme. Veja-o.

Repito. O que vale aqui é a mensagem.

Em tempos de ânimos ideológicos aflorados, perde-se o referencial de cada campo. Termos como conservadorismo e progressismo são, muitas das vezes, mal-usados por ambos os lados nas discussões.

Não há de se encarnar Deus ou o Diabo em cada um desses espectros, mas entendê-los como linhas que lidam de forma diferente com as mudanças. E este filme mostra que, em certos momentos, a postura progressista é necessária.

Lei não significa justiça. Martin Luther King Jr., principal cabeça do movimento pelos Direitos Civis nos EUA, uma vez disse que "é nosso dever moral, e obrigação, desobedecer a uma lei injusta". Talvez essa frase seja a melhor definição do que é o progressismo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email