Temer obstrui a Lava Jato

O ilegítimo Michel Temer (PMDB) obstrui a operação Lava Jato ao indicar Alexandre Moraes para o STF. A “Solução Michel” já fora cantada no vazamento das gravações de Romero Jucá (PMDB-RR) em maio de 2016. O tucano Alexandre Moraes terá o papel de “revisar” as delações da Lava Jato haja vista que ele herdará os processos do falecido ministro Teori Zavascki

O ilegítimo Michel Temer (PMDB) obstrui a operação Lava Jato ao indicar Alexandre Moraes para o STF. A “Solução Michel” já fora cantada no vazamento das gravações de Romero Jucá (PMDB-RR) em maio de 2016. O tucano Alexandre Moraes terá o papel de “revisar” as delações da Lava Jato haja vista que ele herdará os processos do falecido ministro Teori Zavascki
O ilegítimo Michel Temer (PMDB) obstrui a operação Lava Jato ao indicar Alexandre Moraes para o STF. A “Solução Michel” já fora cantada no vazamento das gravações de Romero Jucá (PMDB-RR) em maio de 2016. O tucano Alexandre Moraes terá o papel de “revisar” as delações da Lava Jato haja vista que ele herdará os processos do falecido ministro Teori Zavascki (Foto: Esmael Morais)

O ilegítimo Michel Temer (PMDB) obstrui a operação Lava Jato ao indicar Alexandre Moraes para o STF.

A “Solução Michel” já fora cantada no vazamento das gravações de Romero Jucá (PMDB-RR) em maio de 2016.

O tucano Alexandre Moraes terá o papel de “revisar” as delações da Lava Jato haja vista que ele herdará os processos do falecido ministro Teori Zavascki.

A velha mídia também participa como “coveira” da Lava Jato.

Nos últimos dias, em ritmo de esquizofrenia, os barões da mídia desceram o porrete no juiz parcial Sérgio Moro.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247