“Temerista”, o pior cabo eleitoral de Marx, Quintella e Biu

Ferrenhos aliados do presidente Michel Temer (PMDB), os deputados federais e ministros Marx Beltrão (PMDB-AL), do Turismo, e Maurício Quintella (PR-AL), dos Transportes, além do senador Benedito de Lira (PP-AL), terão uma imensa dor de cabeça nas eleições do ano que vem

www.brasil247.com - Presidente Michel Temer durante cerimônia em São Paulo 08/08/2017 REUTERS/Leonardo Benassatto
Presidente Michel Temer durante cerimônia em São Paulo 08/08/2017 REUTERS/Leonardo Benassatto (Foto: Voney Malta)


Ferrenhos aliados do presidente Michel Temer (PMDB), os deputados federais e ministros Marx Beltrão (PMDB-AL), do Turismo, e Maurício Quintella (PR-AL), dos Transportes, além do senador Benedito de Lira (PP-AL), terão uma imensa dor de cabeça nas eleições do ano que vem.

Caso o quadro que agora se apresenta permaneça em 2018, de Lira, que deseja renovar o mandato de senador, e Marx, que ambiciona ocupar uma das duas vagas, terão imensas dificuldades, conforme vêm mostrando pesquisas já divulgadas neste espaço onde ambos aparecem nos últimos lugares.

O problema – talvez o maior -, é que o cabo eleitoral do trio é considerado o pior do Brasil.

Levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, e divulgado na coluna de Eliane Cantanhêde, no Estadão, perguntou: "Temer ainda pode conquistar aprovação da sociedade e ter influência para ajudar um candidato em 2018?" 79,3% disseram não; 11.3%, sim; 6,3% talvez; 3,1% não sabem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ou seja, esse números estão de acordo com o nível de rejeição do governo Temer, que vai de 70% a mais de 80%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Portanto, será um prato cheio para as equipes de marketing dos concorrentes de Biu, Quintella e Marx vinculá-los de forma bastante negativa a um governo francamente rejeitado majoritariamente por todos os brasileiros, que é o governo "Temerista".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Simples assim.

Vida que segue.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email