Tenebrosas transações

Para Leandro Fortes, do Jornalistas pela Democracia, "confirmada a história de Bebianno, não haverá mais dúvidas sobre as intenções – e o caráter – de um juiz de Direito que usou a toga para encarcerar um inocente como parte de um projeto de poder que incluía uma passagem pelo Ministério da Justiça em direção ao Supremo Tribunal Federal"

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e Sergio Moro
Jair Bolsonaro e Sergio Moro (Foto: Valter Campanato / Agência Brasil)


Por Leandro Fortes, para o Jornalistas pela Democracia - Sérgio Moro negociou com Paulo Guedes o cargo de ministro da Justiça, no segundo turno das eleições de 2018, segundo Gustavo Bebianno, em entrevista ao jornalista Fabio Pannunzio, disponível no YouTube e rodando nas redes sociais.

Bebianno, embora seja um escroque, não tem nenhuma razão para inventar uma coisa dessa. Age por ressentimento, depois de humilhado e defenestrado da Secretaria Geral da Presidência por Jair Bolsonaro, mas tem credibilidade no que diz respeito às entranhas do bolsonarismo: na campanha de 2018, era o presidente do PSL, partido que Bozo, aliás, acaba de descartar, também.

Confirmada a história de Bebianno, não haverá mais dúvidas sobre as intenções – e o caráter – de um juiz de Direito que usou a toga para encarcerar um inocente como parte de um projeto de poder que incluía uma passagem pelo Ministério da Justiça em direção ao Supremo Tribunal Federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A confissão do ex-presidente do PSL, aliada aos vazamentos do Intercept Brasil, dá a dimensão exata do conluio de Moro com Bolsonaro, a partir da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no kafkiano processo do triplex do Guarujá, uma farsa que envergonha o Ministério Público e o Judiciário brasileiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Significa que Moro usurpou o processo legal, junto com a turma de procuradores de Curitiba, para prender o candidato que liderava as pesquisas e garantir, mais adiante, a eleição de um demente de extrema-direita apenas para satisfazer alimentar sua egolatria com uma vaga no STF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O mesmo STF que tem, agora, mais do que nunca, de anular esse processo do triplex e iniciar uma investigação séria e necessária sobre os trambiques de Moro com a famiglia Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email