Trump elegeu Guaidó do mesmo jeito que elegia a Miss Universo

A colunista Hildegard Angel critica a união Trump-Guaidó contra a Venezuela e acrescenta: 'Lula não exaltou Maduro, mas condenou o bloqueio ao país vizinho'

Trump e Guaidó
Trump e Guaidó (Foto: Kevin Lamarque/Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Ora, essa! O presidente Lula fez, na reunião da Unasul, um discurso antes de tudo diplomático, agregador, para fortalecer a América do Sul como um bloco que, unido, pode ser muito forte. 

Lula não exaltou Maduro. Ele condenou o arbítrio e o bloqueio que tanto penalizaram e penalizam a Venezuela, e enfatizou o escândalo que é a Inglaterra ter retirado do governo da Venezuela a guarda das suas 30 toneladas de ouro depositadas em Londres, e de as ter entregue arbitrariamente à guarda do autoproclamado "presidente" Juan Guaidó. O tesouro de um país! 

continua após o anúncio

Contudo, o autoproclamado Guaidó, indivíduo que perdeu a eleição em pleito venezuelano, fiscalizado e autenticado por representantes internacionais isentos, foi "eleito" presidente da Venezuela pelo então presidente dos EUA, Donald Trump, do mesmo jeito como este elegia e coroava a "Miss Universo", certame que à época lhe pertencia. Só faltou rlr sentar o Guaidó no trono de Long Beach, e fazê-lo desfilar de maiô, com cetro e manto vermelho. Ridículo!

Quanto a haver "uma narrativa", como diz Lula, há sim. Estamos no milênio das narrativas. Não há fatos, não há lógica, não há verdades na política, há narrativas - o "efeito Steve Bannon". Assim é em relação a Nicolas Maduro, a Lula, a tudo e a todos os governos. A mídia corporativa escolhe a narrativa de sua preferência, a qual quase sempre prevalece. Lula está certo. 

continua após o anúncio

Quanto aos falantes presidentes do Uruguai e do Chile, mais me pareceram querer tirar casquinha na visibilidade internacional de Lula e obter algum protagonismo na reunião. Foram deselegantes, ao divulgar nas suas redes sociais discursos realizados em circuito fechado. Fizessem eles as suas considerações em seus países, ao retornar do encontro. Ah, esqueci, não fosse no evento promovido pelo presidente Lula, suas falas não repercutiriam...

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247