Tudo o que queremos é que Bolsonaro não nos defenda, nos poupe de 'seu' Deus e não minta sobre fé

‘O Bolsonaro é um mentiroso, um verdadeiro e integral mitômano, realidade esta que o eleva a ser um sujeito sociopata’

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino | Reprodução)


Por Davis Sena Filho

O Bolsonaro é um mentiroso, um verdadeiro e integral mitômano, realidade esta que o eleva a ser um sujeito sociopata, que se locupleta com a mentira, a distorção, o lawfare e, com efeito, tergiversa sobre as realidades, a distorcer malevolamente os fatos e a tratar a verdade como o último valor e princípio que esse sujeito de pensamentos e ações covardes e diabólicas teima, lamentavelmente, em oferecer à sociedade, à nação e ao País.

Agora mais uma vez de incontáveis vezes o político fascista, chefe de um desgoverno totalmente fracassado e ultraliberal, ao perceber que terá dificuldades nas eleições deste ano, realidade que não ocorreu nas eleições de 2018 por causa da deposição e prisão de injustas de Dilma e Lula, ele vem com esse papo para boi dormir e com seu olhar de seca pimenteira, a fim de mandar recado a grupos religiosos que se contrapõem a Jesus Cristo, pois, vergonhosamente, apoiam um mandatário apoiador de torturadores e socialmente preconceituoso, dentre outros predicados nada republicanos e civilizados, que Bolsonaro fez questão de repercutir nos mais de 40 anos que ele inferniza brutalmente a rotina política deste País injusto, desigual e insuportavelmente violento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Esse almofadinha ou coxinha que há décadas usufrui do dinheiro público na maior moleza por meio de mordomias que seus cargos oferecem, agora finge ser do povo porque come pastel e caldo de cana nas ruas, sendo que a verdade é que Bolsonaro não passa de um glutão mal educado, que sempre fez questão de se mostrar como um valentão de pardieiro, além de ser amante das armas e não dos empregos para os trabalhadores, um direito inalienável, da alimentação sadia, da moradia digna e do estudo de boa qualidade para todos os brasileiros. Quanto a isso, ele é contra, porque é o que se vê e se viu no desgoverno fascista e militarista dele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como é elitista, extremista de direita e sempre odiou os trabalhadores e os pobres, para Bolsonaro é imperativo governar a privilegiar ainda mais os ricos e desmontar irresponsavelmente e criminosamente o estado nacional e todos os programas e projetos sociais, ambientais, indígenas, trabalhistas e previdenciários, que regulem e regulamentem os interesses da sociedade e dê limites aos grupos que têm muito dinheiro e não respeitam a cidadania e os direitos da sociedade em geral. Impedir esse processo draconiano é urgente, porque regulamentar e regular dá segurança de vida ao povo e estabilidade para o cidadão poder viver com dignidade desde novo até envelhecer. Paz com justiça social é tudo que um povo quer e deseja.

Jair Bolsonaro não passa de um estúpido e covarde que foi eleito por N razões, sendo a maior das razões é que tem uma parcela da população que pensa igual a ele, mas que se encontrava desde o início da redemocratização, nos anos 1980, nos porões fétidos e sujos de racismo, intolerância, preconceito de gênero, classe e origem, autoritarismo, ódio e violência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por toda a vida esses tipos de pessoas tiveram dentro de si tais sentimentos sórdidos e infames, mas não os expunham publicamente, não por pudor, mas por perceberem que não havia espaço para efetivar tanta covardia, preconceitos e cafajestadas, como o fazem agora em um período tenebroso da história do Brasil, a partir de 2013 com maior força e empoderamento desses sequazes do fascismo. Parecem lobos agrupados em frenesi alimentar, a destruir selvagemente o estado brasileiro e os interesses legítimos da população, quanto ao seu desenvolvimento socioeconômico e de soberania.

E hoje tais lobos estão aí nas ruas e na internet na maior cara de pau e falta de vergonha na cara a xingar todo mundo e a tentar desmoralizar as pessoas que não pensam como essa gente fascista, que passou quase 40 anos com a boca calada porque seus sentimentos abjetos e sórdidos não eram tolerados publicamente e por isso impediam que tais pessoas abrissem a caixa de Pandora e passassem a verbalizar seus pensamentos diabólicos, pois plenos de vilania.

Entretanto, Jair Bolsonaro, tal qual ao pai da mentira, continua em seu périplo desditoso e inimigo da condição humana, em seu mundinho paralelo e sectário, desprovido de noção de sociedade e Estado, compaixão e empatia, de forma que ele seja um indivíduo indelevelmente fora da realidade e dentro de sua caixinha plena de psicopatias, que se vale de mentiras, falácias e impropérios, a falar desse modo o que lhe dá na telha, porque definitivamente tal sujeito não pensa e raciocina, pois irremediavelmente irresponsável e inconsequente, iníquo e equivocado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vamos às palavras do político fascista, militarista e ultraliberal aos grupos evangélicos que o apoiam, além de ele ser o maior responsável pelos piores números e índices econômicos e sociais em décadas, que empobreceram tragicamente e miseravelmente o povo brasileiro:

"Somos um governo que acredita em Deus, que defende a família e que deve lealdade ao seu povo. Com toda a certeza foi a fé que nos salvou no passado, nos elegeu e nos mantém vivos no governo até o dia de hoje. Se não fosse Ele, o nosso Deus, como resistiríamos a tantas adversidades com grande parte da imprensa contra nós? É a fé” — afirmou Bolsonaro durante no Cristo Redentor, quando participou de evento, conforme a revista Veja. 

Veja bem, cara pálida. Bolsonaro é chefe de um governo que "acredita em Deus?" É isso mesmo que esse malandro falou? O Estado é laico, e que eu saiba o Brasil teve inúmeros presidentes que afirmaram que acreditavam em Deus, mas não faziam proselitismo sobre religião. Ponto. Ele e seus varões de Plutarco defendem a família? Que família, cara pálida? Só se for a dele, porque é isso que ele faz na Presidência, e é o que fez por 28 anos na Câmara dos Deputados.

Além disso, afirmo-lhe: Tudo o que a grande maioria da minha família e dos meus amigos não quer é que o Bolsonaro nos defenda, não fale de 'seu' Deus e nos poupe de 'sua' fé. Não cremos em hipocrisias e não somos trouxas, em português claro. Não quero seu país, porque o seu país não serve a mim e nem à minha família, assim como considero que meus amigos não estão nada satisfeitos com seu desgoverno violento, intolerante, incompetente, sectário e favorável somente aos ricos.

Quanto à imprensa familiar e de mercado ou de negócios privados, Bolsonaro a adorava até virar presidente por motivos já relatados neste artigo acima. Porém, tal déspota não ficava chateado e revoltado quando esta mesma imprensa comercial e golpista até a medula atacava o PT, a Dilma e o Lula da maneira mais calhorda, criminosa e mentirosa, a edificar a maior farsa e fraude judicial, política e eleitoral da história do Brasil. Sendo assim, atacar com extrema violência o PT, estava tudo bem para o presidente cujo apelido ridículo é Bozo. Antes estava ótimo, não é? Agora está péssimo! Nada como um dia após o outro...

A verdade é que Bolsonaro se viu obrigado a fazer um aceno aos evangélicos para acalmar os ânimos dos "homens de Deus", pois foi extremamente vergonhosa a corrupção que aconteceu no Ministério da Educação, à frente da Pasta o pastor Milton Ribeiro, quando inúmeros líderes evangélicos incorreram em crime de tráfico de influência, dentre inúmeros malfeitos, a pedir muito dinheiro, inclusive até barras de ouro, além de se tornarem mais poderosos do que os prefeitos eleitos pelo povo, que tiveram de se reportar a pastores para levar recursos financeiros para os sistemas de educação de seus municípios. Agora, vamos à pergunta que não quer calar: É mole ou quer mais, Judas?

O negócio é o seguinte, Jair Bolsonaro: Tudo o que queremos é que você não nos defenda, nos poupe de 'seu' Deus e não minta sobre a 'sua' fé. Vade retro, satanás! É isso aí.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email