"Tudo que é sórdido desmancha no ar" – 200 anos de Independência - Lula lá!

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert)


A luta continua... e ela é uma luta de classes. O filósofo Karl Marx foi sábio quando disse: “ Tudo que é sórdido desmancha no ar”.

Ser brasileiro, ser patriota não é aceitar a pobreza verde e amarela. A pobreza colorida com as cores da pátria não faz de vocês, meus queridos compatriotas: homens e mulheres mais felizes. Aliás, o nosso país no ranking dos países mais felizes do mundo: se encontra  na trigésima oitava posição. Isso além de ser triste, também reflete um estado de desigualdade ímpar.

Duzentos anos de “Independência ou Morte!” não traz riqueza ao  povo,  que guarda 33 milhões de famintos. A liberdade de verdade e fundamental, se faz com livre-arbítrio; mas não com o livre-arbítrio lavado na bacia da alienação; já que desta forma, esta se transforma em liberdade vigiada. Ser independente não pode ser apenas um termo, ser independente é ter salário digno, é ser democrático, é defender os direitos humanos; e sobretudo não abaixar a cabeça, para o arcaico e “continuísta” poder colonial. Por enquanto, o episódio às margens do Rio Ipiranga é caricatural; só seremos “livres” quando houver distribuição de renda com paridade.

#Felizresistência247

#ValReiterjornalismohistórico

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247