Um presidente que governa e cuida

"Foi preciso que Lula, um presidente da República humano, sério e ciente de seus deveres, visitasse um hospital indígena de Roraima"

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert/PR)


“Foi preciso que Lula, um presidente da República humano, sério e ciente de seus deveres, visitasse um hospital indígena de Roraima para que viesse à luz em todo o seu horror a catástrofe humanitária a que estão sendo submetidos os Yanomami.”

As palavras acima foram ditas por Dilma Rousseff, ex-presidente do Brasil, vítima de um golpe de Estado em 2016. O Brasil sofre, sofre o vilipêndio do descaso para com as minorias; sim, as ditas minorias, que são segregadas por tantos anos: “professores”, “povos originários”, “donas de casa”, “afrodescendentes” e outras classes de pessoas, de seres humanos. A vida continua sem sorte, para aqueles que gemem e choram falta do necessário.

Salários indignos, para tantos e tantas que labutam de sol a sol, também se constitui em uma catástrofe humanitária. Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que neste terceiro mandato, iria muito além de governar, mas cuidaria do povo brasileiro. Meus queridos leitores, CUIDAR, PALAVRA originária do COGITARE, significa ATITUDE DE DESVELO.

Ir encontrar com os Yanomamis já demonstra o quão zeloso está o estado de espírito do mandatário. Realmente a sensibilidade precisa aflorar, pois tem gente que ganhará 5 milhões para trabalhar com arte cênica através da Lei Rouanet, só que existem milhares de artistas talentosos passando o chapéu em barcas, trens, metrôs, para conseguir comprar pão com mortadela para se nutrir durante um dia inteiro. Também tenho um DRT de artista nacional, o número é 049966-RJ. Registrada no Ministério do Trabalho. Reconhecida por peças escritas, produzidas e encenadas, recebi no ano de 2013 do SATED-RJ tal reconhecimento...

No entanto, meus proficientes projetos ficam guardados nas gavetas do stand-by do lobby público.

Que chova justiça para aplacar a sede daqueles que sofrem os efeitos das catástrofes humanitárias!

#ValReiterjornalismohistórico

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247