Uma epifania chamada "Barbie"

"A prepotência masculina é tão sem noção, que o próprio Michel Temer, o símbolo nacional dos Ken invejosos, postou vídeo no Twitter em que ele é o Ken", indica

(Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Barbie é uma revelação. Colocaram chá de Ahyauasca nas xícaras da casinha das bonecas, e as meninas saem do cinema como se tivessem tido uma epifania. É o sonho infantil das gurias confrontado com a dura realidade do sonho masculino, que ainda prepondera, eu disse ainda, e com todas as letras.

Barbie não é o empoderamento feminino, é a masculinidade insegura, frágil, ameaçada. Por isso mesmo, em estado de atenção, a luz amarela do semáforo piscando, a sirene vermelha já apitando, e o Ken tendo um piripaque e sendo levado às pressas pra ambulância, quando se dá conta do terreno que está perdendo nesse embate supremacista.

continua após o anúncio

O filme da Greta são as vísceras cruas e nuas da desigual luta de gêneros, mas também um atestado de que as Gretas de hoje nada têm a ver com as Gretas Garbos do passado. Que a Grace Kelly do tempo das loiras de Hitchcock trocou o principado pelo tatame, e se fez pentacampeã mundial de jiu-jítsu, tipo Kyra Gracie. 

Outra delas encara hoje uma copa do mundo de futebol, e com o pé nas costas, tipo Ary Borges. O nome masculino é só uma estratégia de quem nasceu Ariadina pra conseguir bater um bolão no campo em que só machos dominavam. Lembrando que na mitologia Ariadne é aquela que deu a volta no Minotauro e no Teseu juntos, no mesmo pacote. Corram pra Wikipédia, meninas, porque lá está tudo muito bem explicado. 

continua após o anúncio

Se as igrejas obscurantistas estão contra, eu estou a favor, parodiando Brizola, e me vesti de cor-de-rosa pra embarcar nessa viagem cinematográfica e entender porque há pastoras com fixação em goiabeiras. Pensem no recheio das goiabas e depois me digam. 

Barbie, porém, não tem autocensura e escancara logo no princípio da fita: "Eu não tenho vagina, nem o Ken tem penis". 

continua após o anúncio

Engraçado que o vocabulário do corretor do celular não tem a opção desta palavra e quem ousar utilizá-la, que procure o circunflexo por conta própria. Assim fazem as garotas pouco "recatadas e do lar": vão à luta atrás do circunflexo e estão chegando lá. Já chegaram às mesas dos conselhos, algumas à cadeira do CEO, e outras até ao trono da Presidência da República. No Brasil, aquela que chegou lá foi derrubada pela chamada "revolta dos KEN" ( "Ken manda sou eu"), que já entrou pra história.

Por falar em garotas, detectei no letreiro final da ficha técnica do filme um escandaloso plágio das "Garotas do Alceu", o grande ilustrador das páginas de moda da revista " O Cruzeiro", mineiro da mesma Curvelo de minha mãe, terra de muitos Kens, mas também da pré-Barbie combativa, Zuzu Angel.

continua após o anúncio

Assistam ao filme, não vou ficar só dando spoiler, e aplaudam o elenco talentoso com Margot Robbin, Rhea Perlman, Dua Lipa, narração de Helen Mirren. Mas quem está cotado nas apostas para ganhar o Oscar é Ruan Gosling, o Ken!

Pra vocês verem, gurias, que não adianta espernear. Os bíceps musculosos deles ainda vencem a queda de braço.

continua após o anúncio

PS: A prepotência masculina é tão sem noção, que o próprio Michel Temer, o símbolo nacional dos Ken invejosos, postou vídeo no Twitter em que ele é o Ken, e o texto com a mesóclise "Barbie-ei-me". Ah, coitado (como diria o Paulo Gustavo, "coitaaaado"), não entendeu nada. Alguma mulher explicou, e ele correu pra apagar o vídeo, em que está de terno cor-de-rosa, ocupando a caixa que foi da Barbie, digo, da Dilma! Hahahahaha .


 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247