Uma semana após o crime, Carrefour reconhece gravidade da situação

Finalmente a rede de hipermercados Carrefour se manifestou em nota de que não vai se eximir da responsabilidade sobre o caso do cãozinho morto na unidade de Osasco, São Paulo

www.brasil247.com - Uma semana após o crime, Carrefour reconhece gravidade da situação
Uma semana após o crime, Carrefour reconhece gravidade da situação (Foto: Reprodução vídeo/divulgação)


Finalmente a rede de hipermercados Carrefour se manifestou em nota de que não vai se eximir da responsabilidade sobre o caso do cãozinho morto na unidade de Osasco, São Paulo.

Na noite de terça-feira (4) em sua página do Facebook e no Stories do Instagram, a rede declarou que reconhece o problema, lamenta o acontecido, promete colaborar com as investigações e está recebendo ONGs e ativistas de defesa animal para construção de uma política pública animal.

Evento no Facebook (confirme presença)

Data: 08/12, sábado
Horário: pontualmente às 15 horas
Valor: entrada gratuita
Local: Carrefour
Endereço: Av. dos Autonomistas, 1542 – Vila Yara – Osasco-SP
Distância: calcule a distância do seu local até o evento (calcule aqui)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira na íntegra a nota mais recente emitida pelo Carrefour:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em nossa loja de Osasco. A empresa não vai se eximir da responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal.

Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações. Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos em dar uma resposta a todos.

Queremos informar também que estamos recebendo sugestões de várias entidades e ONGs ligadas à causa que vão nos auxiliar na construção de uma nova política para a proteção e defesa dos animais.

Carrefour Brasil."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email