26 dos 62 detentos mortos em Altamira eram presos provisórios

No massacre dentro do presídio em Altamira (PA), na segunda-feira (29), das 58 pessoas assassinadas, 25 eram presos provisórios, 26 eram condenados e 7 tinham condenação e também processos nos quais ainda não haviam sido julgados

Transferência de presos no Pará.
Transferência de presos no Pará. (Foto: Altamira)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - No massacre dentro do presídio em Altamira (PA), na segunda-feira (29), das 58 pessoas assassinadas, 25 eram presos provisórios, 26 eram condenados e 7 tinham condenação e também processos nos quais ainda não haviam sido julgados, informa levantamento do G1.

"Na quarta-feira (31), mais quatro presos foram estrangulados durante a transferência em um caminhão-cela. Entre eles, um era preso provisório, um era condenado e dois tinham condenação e, ao mesmo tempo, também não tinham sido julgados em outros casos", conta a reportagem, que teve os números confirmados pelo governo do Estado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247