A pedido de Ciro, TSE manda identificar responsável pelo perfil "Jair me arrependi" e suspende filtro "Prefiro Lula"

Filtro nas mesmas cores de Ciro visava "confundir o eleitor", argumentou a defesa do candidato pedetista

www.brasil247.com - Ciro Gomes e o filtro "Prefiro Lula"
Ciro Gomes e o filtro "Prefiro Lula" (Foto: Reuters | Reprodução)


247 - O Tribunal Superior Eleitoral determinou nesta sexta-feira (23) a retirada do filtro "Prefiro Lula" feito nas mesmas cores de filtro utilizado pela campanha de Ciro Gomes (PDT), do site Twibbon. 

A ministra Maria Claudia Bucchineri atendeu a uma decisão movida pelo PDT contra o candidato a deputado federal Augusto de Arruda Botelho (PSB-SP) e contra o responsável pelo perfil do Twitter "@jairmearrependi", ainda não identificado, e a Storm Ideas Sugar Bond House por suposta veiculação de propaganda na internet.

A ministra do TSE determinou que o Twitter revele a identidade do perfil @jairmearrependi, a pedido da campanha de Ciro. "Determino à referida plataforma que informe, no prazo de 24 horas, os dados de acesso e registro, bem como o endereço de IP, a fim de se identificar o responsável pelo perfil '@jairmearrependi', sob pena de multa diária, ora fixada no valor de R$ 50.000,00", escreve a ministra na decisão. 

Os advogados do PDT argumentam na ação que ambos se apropriaram "ilegalmente das cores, identidade gráfica e slogan da campanha de Ciro Gomes, 'Prefiro Ciro', para criar artificialmente 'estados mentais' capazes de confundir o eleitorado brasileiro, notadamente por percepção mnemônica de identidade visual".

O perfil @jairmearrependi se manifestou sobre o assunto com algumas postagens. Confira.

 

 


Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email