ACM Neto, que apoiou Lira, diz que "Maia não sabe perder e tem apego ao poder"

"Eu jamais esperava as palavras que foram ditas pelo deputado Rodrigo Maia. Até porque elas demonstram atitude de absoluta ingratidão", disse ACM Neto, ao comentar as declarações do presidente Rodrigo Maia

ACM Neto e Rodrigo Maia
ACM Neto e Rodrigo Maia (Foto: Ascom | Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do DEM, Antônio Carlos Magalhães (ACM) Neto, que traiu o seu partido na Câmara dos Deputados e apoiou Arthur Lira (PP) para presidir a Casa, disse que o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM) "não sabe perder e tem apego ao poder", em entrevista à CNN.

"Eu jamais esperava as palavras que foram ditas pelo deputado Rodrigo Maia. Até porque elas demonstram atitude de absoluta ingratidão", disse ACM Neto, ao comentar as declarações que Maia fez contra o partido.

"O que a gente percebe é que o Rodrigo [Maia] procura culpados e desculpas tentando se esquivar dos próprios erros que cometeu neste processo. Eu lamento que ele saia tão pequeno da presidência da Câmara, foi um presidente para o Brasil, mas está dando uma clara demonstração de que não sabe perder e tem apego ao poder", declarou.

"Se houve alguém que encontrou uma solução para que ele não passasse por uma situação vexatória, esse alguém sou eu. Ele bem sabe que eu reuni a Executiva nacional do partido para garantir a neutralidade de maneira que essa derrota [dele] não ficasse tão grandiosa", continuou.

Com isso a traição de seu partido, Maia está se aproximando do PSDB, conversando com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email