Acossado, Moro solta nota e diz que mensagens podem ter sido adulteradas

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, lançou nota rebatendo as novas denúncias da Vaza Jato para prejudicar Lula; Laura Tessler, procuradora da força-tarefa, deixou de participar de audiências, incluindo uma com o ex-presidente, após reclamação do então juiz Sérgio Moro; em nota, Moro diz que mensagens podem ter sido adulteradas

(Foto: Esq.: Adriano Machado - Reuters)

247 - O ministro da Justiça, Sérgio Moro, lançou nota rebatendo as novas denúncias da Vaza Jato para prejudicar Lula; Laura Tessler, procuradora da força-tarefa, deixou  de participar de audiências, incluindo uma com o ex-presidente Lula, após reclamação do então juiz Sérgio Moro; em nota, Moro diz que mensagens podem ter sido adulteradas 

Leia a íntegra da nota: 

NOTA A IMPRENSA DO MJSP

 Sobre suposta mensagem atribuída ao Ministro da Justiça e Segurança Pública esclarece-se que não se reconhece a autenticidade, pois pode ter sido editada ou adulterada pelo grupo criminoso, que mesmo se autêntica nada tem de ilícita ou antiética. A suposta mensagem já havia sido divulgada semana passada, nada havendo de novo.  Na suposta mensagem não haveria nenhuma contradição com a fala do ministro ao Senado Federal, como especulado. Cabe esclarecer que o texto atribuído ao Ministro fala por si, não havendo qualquer solicitação de substituição da procuradora, que continuou participando de audiências nos processos e atuando na Operação Lava Jato.  BRASILIA, 20 de junho de 2019.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Brasil

PF vai investigar 'Dia do Fogo' no Pará

Polícia Federal vai investigar integrantes de um grupo que teria planejado atear fogo em áreas de floresta entre os municípios de Altamira e Novo Progresso, sudoeste do Pará, no último dia 10 de...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247