Moro ataca imprensa e diz que jornalistas fazem campanha a favor da corrupção

Acusado de fraudar o processo judicial contra o ex-presidente Lula e de usar recursos da Justiça para fazer autopromoção na Globo, o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, usou o Twitter para afirmar que os vazamentos divulgados pelo site The Intercept fazem parte de uma campanha “a favor da corrupção”; "Se houver algo sério e autêntico, publiquem por gentileza”, minimizou

Sergio Moro
Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Cada vez mais acuado pela divulgação das mensagens trocadas entre membros da Java Jato que revelam o conluio existente na operação, o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, usou o Twitter para afirmar que os vazamentos divulgados pelo site The Intercept fazem parte de uma campanha “a favor da corrupção”. 

“Sou grande defensor da liberdade de imprensa, mas essa campanha contra a LavaJato e a favor da corrupção está beirando o ridículo. Continuem, mas convém um pouco de reflexão para não se desmoralizarem. Se  sério e autêntico, publiquem por gentileza”, postou Moro. 

A postagem vem na esteira das últimas revelações feitas pelo The Intercept em parceria com outros veículos de comunicação. Se anteriormente as transcrições das mensagens apontavam para a manipulação e direcionamento dos processos da Lava Jato, agora foi revelado que o procurador e coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, procurou lucrar com palestras e publicações sobre o assunto, além de ter pedido que Moro autorizasse o uso recursos públicos  para produzir um comercial favorável à Lava Jato (Leia no Brasil 247). 

Confira o Twitter de Sérgio Moro sobre o assunto. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247