Advogada da Odebrecht rebate bilhete e diz que PF tenta “tumultuar” processo

Dora Cavalcanti, que defende a empresa na Operação Lava Jato, afirma que o sentido da palavra "destruir" usada no bilhete enviado por Marcelo Odebrecht a seus advogados, na expressão "destruir e-mail sondas", não era de destruição de provas, mas de rebater a prova; para ela, a PF "tenta tumultuar o processo para justificar a prisão ilegal" de seu cliente

Dora Cavalcanti, que defende a empresa na Operação Lava Jato, afirma que o sentido da palavra "destruir" usada no bilhete enviado por Marcelo Odebrecht a seus advogados, na expressão "destruir e-mail sondas", não era de destruição de provas, mas de rebater a prova; para ela, a PF "tenta tumultuar o processo para justificar a prisão ilegal" de seu cliente
Dora Cavalcanti, que defende a empresa na Operação Lava Jato, afirma que o sentido da palavra "destruir" usada no bilhete enviado por Marcelo Odebrecht a seus advogados, na expressão "destruir e-mail sondas", não era de destruição de provas, mas de rebater a prova; para ela, a PF "tenta tumultuar o processo para justificar a prisão ilegal" de seu cliente (Foto: Gisele Federicce)

247 – A advogada Dora Cavalcanti, que defende a Odebrecht na Operação Lava Jato, acusou hoje a Polícia Federal de "tentar tumultuar o processo para justificar a prisão ilegal de seu cliente", o empresário Marcelo Odebrecht, preso na última sexta-feira 19.

Segundo ela, o sentido da palavra "destruir" usada no bilhete enviado por Marcelo Odebrecht a seus advogados, na expressão "destruir e-mail sondas", não era de destruição de provas, mas de rebater a prova.

"Como ele teria mandado destruir um documento que já estava apreendido desde novembro e que foi um dos objetos da prisão?", pergunta a advogada, segundo o jornal O Globo.

O e-mail ao qual o executivo se refere foi usado como prova para sua prisão. Na mensagem, de 2011, ele dá a entender estar ciente da colocação de sobrepreço na negociação de sondas, segundo os investigadores.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247